Franquia brasileira Açaí Concept desembarca na Arábia Saudita, 10º país a ter representação da empresa

0

Brasília- Depois da inauguração em território francês, a Açaí Concept, franquia de produtos à base da tradicional fruta brasileira, prepara-se para abrir unidade na Arábia Saudita. A nova loja da participante do Franchising Brasil — programa de internacionalização do setor de franquias realizado por meio de uma parceria entre a Associação Brasileira de Franchising (ABF) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) — no Oriente Médio já está em processo de implementação.

Atualmente, a rede possui 330 unidades, sendo que dessas, 30 estão espalhadas em nove países. No cardápio da franquia de fast food saudável, encontram-se smoothies e misturas de açaí com outras frutas latino-americanas, como o cupuaçu e a pitaya. A Açaí tem como opção para franqueados formatos de lojas, containers ou quiosques.

Do Brasil para o mundo

O primeiro mercado a receber a franquia foi Portugal, há cinco anos, graças à abertura na cidade de Matosinhos. Hoje, a rede já possui oito lojas no país. Segundo a Açaí Concept, os planos internacionais para 2021 são fechar novos contratos com o Reino Unido e México e inaugurar dez unidades, além de consolidar as já existentes.

Os esforços de expansão da rede, porém, vão muito além das ambições internacionais. A marca acaba de fechar parceria com uma aceleradora de franquias e tem uma meta de chegar a 1,5 mil lojas franqueadas. As projeções para 2021 são prósperas: em entrevista à revista Forbes, o CEO e fundador da marca, Miguel Teixeira da Silva, revelou que pretende abrir 120 unidades, além de repetir o desempenho de 2020, que gerou uma receita de R$ 140 milhões.

Açaí, a fruta mais brasileira

A Açaí Concept foi fundada em 2014, na cidade de Maceió, localizada no nordeste do Brasil. A rede nasceu no meio de um boom mercadológico de produtos feitos a partir do fruto de palmeiras que crescem na região amazônica. Na época, houve grande procura por pessoas interessadas nas funcionalidades da fruta, rica em antioxidantes e nutrientes com poder anti-inflamatório. Foi aí que a Açaí se posicionou como um fast-food saudável e prosperou. A tendência não foi um modismo e segue forte: de acordo com o Sindifrutas

(Sindicato das Indústrias de Frutas e Derivados do Estado do Pará), a cadeia do açaí movimenta USD 1,5 bilhão por ano. Hoje, o público-alvo da rede é muito mais heterogêneo. No Brasil, o mercado mais consolidado ainda é o nordestino. Há, porém, um polo de crescimento da rede na região sul do país.

Na matéria publicada pela Forbes, Teixeira revela um dos diferenciais competitivos: a matéria-prima, que é proveniente de uma cadeia de fornecimento de qualidade. Os cremes da fruta são da marca Frooty Brasil, a maior empresa de açaí processado do país a partir da fruta colhida na região amazônica.

Além do sabor, há, também, o modelo de negócios focado em lojas de rua. Apenas 10% das unidades da Açaí Concept estão em shoppings.

(*) Com informações da Apex-Brasil

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta