Governo de Minas reafirma interesse em sediar a abertura da Copa 2014

0
82

Última atualização:

Belo Horizonte – O presidente do Núcleo Gestor das Copas, Tadeu Barreto, afirmou, nesta quinta-feira (17), em Belo Horizonte, que o Governo de Minas continua cumprindo todos os requisitos exigidos pela Federação Internacional de Futebol (FIFA) para sediar a abertura da Copa 2014.

Segundo Tadeu Barreto, o Governo de Minas tem cumprido o cronograma previsto de obras e trabalhado para exercer um papel de destaque na Copa de 2014. “Entende-se por um papel relevante a abertura do evento ou receber um dos jogos da semifinal da Copa. Sediar a abertura da Copa é um sonho e Minas está trabalhando por isso”, destacou Barreto.

O presidente do Núcleo Gestor das Copas ressaltou que o Governo de Minas vai continuar mantendo o mesmo ritmo na execução do projeto da Copa, seja cumprindo o cronograma de obras de modernização do Estádio Governador Magalhães Pinto (Mineirão) que está em dia, seja à frente dos projetos de mobilidade e hotelaria, que compõem o Planejamento Estratégico Integrado.

Com o cronograma de obras em dia, o Estádio Governador Magalhães Pinto (Mineirão) já está sendo preparado para o início da 2ª etapa das obras, que consistem no rebaixamento do gramado em cerca de 3 metros e demolição da geral do estádio. A 1ª etapa de modernização, que será finalizada até o final deste mês, teve início em janeiro deste ano, atendendo ao cronograma de obras apresentado à FIFA no ano passado.

“Nos próximos dias será liberado o edital da 3ª etapa de obras e da gestão compartilhada do estádio e também será iniciada a 2ª etapa das obras de modernização do Mineirão. O objetivo do Governo de Minas é finalizar a obra de modernização do Mineirão até dezembro de 2012, para pleitearmos ser uma das sedes da Copa das Confederações em 2013, quando poderemos realizar testes operacionais do Mineirão e nos prepararmos ainda mais para sediarmos a Copa 2014”, afirmou Tadeu Barreto.

Sobre as outras cidades sede que também pleiteiam a abertura da Copa 2014, Tadeu Barreto vê como candidatas potenciais as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, mas confia na força de Belo Horizonte.

“Acredito que Belo Horizonte tem como diferencial o andamento do planejamento estratégico integrado, o cumprimento do cronograma de obras, a excelente localização e acesso ao Mineirão, mas não podemos fechar os olhos para a força econômica do estado de São Paulo”, disse o presidente do Núcleo Gestor das Copas.

Planejamento

O Governo de Minas e a Prefeitura de Belo Horizonte apresentaram, no mês de abril, o Planejamento Estratégico Integrado para a Copa 2014. O documento irá orientar o trabalho das equipes do Governo de Minas e da Prefeitura de Belo Horizonte responsáveis pela implantação de 54 projetos nas áreas de infraestrutura esportiva, mobilidade, turismo, comunicação e marketing, entre outras, que irão preparar a capital mineira para a realização do mundial de futebol.

O presidente do Núcleo Gestor das Copas, Tadeu Barreto, e o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, apresentaram, no dia 24 de maio, o Planejamento Estratégico Integrado ao presidente do Comitê Organizador Local da Copa 2014 e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira. Na ocasião, também foi formalizada a intenção que Belo Horizonte sedie a abertura da Copa 2014. Após a reunião, Ricardo Teixeira se disse surpreendido positivamente com o projeto mineiro.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta