Governo promove missão de prospecção comercial a dez países árabes nas áreas de defesa, agronegócio e infraestrutura

0

São Paulo – O governo do Brasil promove missão comercial a dez países árabes, de 17 de maio a 6 de junho. Quem coordena a viagem é a Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos (SAE) da Presidência da República, e a delegação contará com empresários e representantes de associações dos setores de defesa, agronegócio e infraestrutura.

Os países árabes visitados serão Marrocos, Egito, Emirados Árabes, Omã, Kuwait, Bahrein, Catar e Arábia Saudita. Um pequeno grupo da delegação visitará também o Iraque para cumprir agenda específica.

O secretário especial de Assuntos Estratégicos da Presidência, Flávio Augusto Viana Rocha, esteve na sede da Câmara de Comércio Árabe Brasileira na última sexta-feira (13) para realizar reunião com os empresários e associações participantes. O presidente da Câmara Árabe, Osmar Chohfi, participou do evento.

O objetivo da missão, segundo o secretário, é fazer contatos e possíveis negócios com as contrapartes dos setores e apresentar opções de parcerias entre empresários brasileiros e árabes. Rocha disse que também haverá agenda com fundos de investimentos árabes.

A agenda completa da missão ainda não foi divulgada. O assessor de Comunicação da Secretaria, Marcos Viana, coordena a missão e também participou da reunião híbrida, que teve participantes presenciais e por videochamada.

Estão confirmadas as participações da Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança (Abimde), da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), e empresas como Embraer, Mac Jee, Taurus, Condor e Avionics. Participam também a Secretaria de Produtos de Defesa (Seprod) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil). A Câmara Árabe será representada na missão pela diretora de Relações Institucionais, Fernanda Baltazar.

No final da missão, haverá agendas também na Hungria e República Tcheca. A viagem será feita em uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB), um KC-390, modelo de carga da Embraer que será adaptado para o voo com acomodação de classe econômica.

 

(*)  Com informações da ANBA

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta