Grande Prova Vinhos do Brasil será realizada de 26 a 29 de outubro e celebrará melhor safra da história

0
484

Última atualização:

São Paulo – A 9ª edição, a Grande Prova Vinhos do Brasil (GPVB 2020), maior e mais respeitada prova às cegas de vinhos brasileiros disponíveis no mercado, está com as inscrições abertas até o próximo dia 16 de outubro. Para se inscrever gratuitamente, basta enviar duas garrafas de cada rótulo ou suco de uva que serão avaliados.

Por conta da situação atual, o evento será preparado de forma diferenciada. O foco será nesse momento satisfatório da indústria nacional de vinhos, que teve sua melhor safra da história. Preservando a tradição, um time de renomados especialistas serão os responsáveis por degustar os exemplares.

“Manter a crescente participação, aferindo safras sequencialmente de melhor qualidade é o desafio da GPVB 2020”, enfatiza Marcelo Copello, presidente do júri da GPVB 2020. Copello salienta que, apesar de existirem muitas medalhas e prêmios no mercado, a Grande Prova é a mais relevante para os vinhos do Brasil. A disputa será realizada entre os dias 26 e 29 de outubro, no Hotel Vila Galé, da Lapa, no Rio de Janeiro, seguindo os critérios e recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), bem com os decretos locais.

Em 2012, na primeira edição da GPVB, foram mais de 284 amostras de vinhos de 46 vinícolas. O recorde ocorreu em 2019, quando a prova recebeu 1072 amostras, sendo 1034 vinhos e 38 sucos de uva de 122 vinícolas. Os sucos de uva participaram pela primeira vez em 2016 e, neste ano, acontece a 5ª Grande Prova Sucos de Uva do Brasil. A novidade desta edição está nas categorias, que ganha mais quatro classificações: o espumante tinto e três classes de Orgânicos/naturais/biodinâmicos: tintos, brancos e espumantes.

“Temos ciência da grande visibilidade que o evento traz para nossos vinhos, espumantes e sucos de uva. É uma realização imensurável que se tornou tradicional no calendário de eventos do setor vitivinícola brasileiro. Temos convicção da importância do evento e de como ele auxilia na disseminação da cultura do vinho nacional. Evoluímos e alcançamos o reconhecimento da qualidade, mas ainda temos um longo caminho pela frente, atraindo novos públicos e ampliando este universo de apreciadores. O Brasil vitivinícola é imenso. Temos 26 regiões produtoras e o brasileiro está descobrindo essa diversidade”, comenta Deunir Luis Argenta, presidente da União Brasileira de Vitivinicultura (Uvibra), entidade apoiadora da GPVB 2020. Argenta acompanha o percurso do Grupo Baco Multimídia e reconhece a sua relevância na valorização e divulgação do vinho brasileiro.

A melhor safra de todos os tempos

A safra 2020 é considerada por todos como a melhor de todos os tempos, como atesta o presidente da Associação Brasileira de Enologia (ABE), Daniel Salvador. “Estamos diante da safra das safras. Esta vindima foi bela, uma escultura, um monumento que a natureza nos deu. É um misto de alegria e satisfação que emociona. Não se faz um vinho sozinho. E, neste ano, a mãe natureza fez a sua parte de forma esplêndida. Agora, nós, enólogos, precisamos ter a sensibilidade e o conhecimento suficientes para gerar o melhor vinho com equilíbrio, sintonia”, destaca.

E o motivo de comemoração de Salvador também reflete em números de mercado impressionantes. De janeiro a junho de 2020, boa parte em período de pandemia, os vinhos finos nacionais cresceram 50% em vendas em comparação ao ano anterior, contra alta de 8% dos importados. O bom resultado aumentou a participação do mercado em 18%. O mercado do vinho já alcança 0,2% do Produto Interno Bruto (PIB), com R$ 16 bilhões, oriundo dos 380 milhões de litros vendido em 2019, número que deve aumentar significativamente em 2020.

Diante de tantas boas notícias, a GPVB 2020 sabe da responsabilidade e do desafio de aferir safras sequencialmente de melhor qualidade. “A Grande Prova deste ano será muito especial, terá uma safra histórica – considerada a melhor de todos os tempos. Temos que aproveitar esse momento positivo e consolidar de vez o posicionamento dos Vinhos do Brasil”, ressalta Sergio Queiroz, jurado, diretor do Grupo BACO.

Selo e premiação

A novidade da edição 2020 será a divulgação dos grandes vencedores logo após a conclusão da GPVB 2020, em um evento do dia 31 de outubro, consagrando a abertura do Rio Wine and Food Festival 2020. O evento seguirá rigorosamente as orientações da OMS e os vinhos poderão ser conhecidos e experimentados em primeiríssima mão. Além disso, poderão ser comprados com descontos atrativos.

Interessados em participar podem solicitar a ficha de inscrição pelo imprensa@bacomultimidia.com.br.

Conheça as categorias que serão avaliadas

1- Espumante Brut Branco Champenoise

2- Espumante Brut Branco Charmat

3- Espumante Brut Rosé Champenoise

4- Espumante Brut Rosé Charmat

5- Espumante Extra-Brut Branco (Charmat e Champenoise)

6- Espumante Extra-Brut e Nature Rosé (Charmat e Champenoise)

7- Espumante Nature Branco (Charmat e Champenoise)

8- Espumante Prosecco/Glera (Charmat e Champenoise)

9- Espumante Demi-Sec Branco Champenoise

10- Espumante Demi-Sec Branco Charmat

11- Espumante Moscatel Branco

12- Espumante Moscatel e Demi-Sec Rosé (Charmat e Champenoise)

13- Espumante Tinto

14- Branco Chardonnay

15- Branco Sauvignon Blanc

16- Branco Gewurztraminer

17- Branco Riesling Itálico e Renano

18- Branco Moscato

19- Branco Viognier

20- Branco de Outras Castas e Cortes

21- Tinto Cabernet Sauvignon

22- Tinto Merlot

23- Tinto Tannat

24- Tinto Cabernet Franc

25- Tinto Pinot Noir

26- Tinto Syrah

27- Tinto Marselan

28- Tinto Malbec

29- Tinto Touriga Nacional

30- Tinto Teroldego

31- Tinto Sangiovese

32- Tinto Tempranillo

33- Tinto Ancellotta

34- Tinto Petit Verdot

35- Tinto de Outras Castas

36- Tinto Cortes

37- Tinto Super Premium (acima ou igual a R$ 150)

38- Bag in Box

39- Rosé

40- Doces e Fortificados

41- Suco de Uva Integral Branco

42- Suco de Uva Integral Tinto

43- Orgânico/naturais/biodinâmicos tintos

44- Orgânico/naturais/biodinâmicos brancos

45- Orgânico/naturais/biodinâmicos espumantes.

(*) Com informações do Grupo BACO Multimídia

 

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta