Huawei, PTI e Coopavel se unem para desenvolver o maior projeto de inovação aberta do Brasil no agronegócio

0

São Paulo – A Huawei Brasil, juntamente com o Parque Tecnológico Itaipu (PTI-Brasil) e a Coopavel (Cooperativa Agroindustrial), assinaram nesta quinta-feira, na sala de reuniões da administração do Show Rural Coopavel, em Cascavel (PR), um Protocolo de Intenções para desenvolver uma importante parceria que vai conectar o agronegócio brasileiro à tecnologia das modernas redes 5G, mais eficientes, velozes e seguras na transmissão de dados. Objetivo é que seja o maior projeto de inovação aberta do Brasil no agronegócio.

Participarão do ato de assinatura o Diretor-Superintendente do PTI-Brasil, General Eduardo Castanheira Garrido Alves, o Diretor de Vendas da Huawei, Francisco Menezes, e o Diretor-Presidente da Coopavel, Dilvo Grolli.

Entre as ações previstas, será instalada uma moderna antena de transmissão 5G na área do Show Rural Coopavel, que garantirá suporte tecnológico para testagem e validação de novos produtos e serviços por parte das empresas âncoras, startups e academia. A antena terá um raio de abrangência de até 5 km, o que ampliará a capacidade das experiências concretas de campo. Será montado também um espaço de coworking para facilitar o ambiente de trabalho das empresas e profissionais envolvidos.

Com a estrutura da rede 5G que será instalada, clientes e fornecedores da Coopavel, como também a indústria de equipamentos e de soluções para o agronegócio, terão a oportunidade de testar e validar diversas tecnologias disruptivas que serão permitidas com a conexão de internet de alta performance, tais como: a) o monitoramento e a transmissão em tempo real de imagens em alta definição sobre o solo e plantações para acompanhamento à distância e orientações técnicas; b) o funcionamento de máquinas e equipamentos, como tratores, colheitadeiras, plantadeiras, semeadoras e pulverizadores de forma mais autônoma e inteligente; e c) informações precisas e detalhadas sobre a alimentação, o comportamento e a saúde dos animais, bem como sobre as condições climáticas.

Serão investidos aproximadamente R 6 milhões na fase inicial do projeto. Maior parte dos recursos virá por meio da Lei da Informática, com aportes e execução do Parque Tecnológico Itaipu, responsável pela seleção e incubação das startups, e em ações para atender demandas concretas de inovação aberta da Coopavel e sua rede de cooperados em 21 municípios das regiões Oeste e Sudoeste do Paraná. As soluções inovadoras desenvolvidas serão apresentadas já na próxima edição do Show Rural Coopavel, no próximo ano.

“Essa parceria representa um marco para a inovação aberta no agronegócio. Estamos muito felizes em participar desse projeto que contribuirá para a transformação digital no campo. A região Oeste do Paraná possui as terras mais férteis e valorizadas do Paraná, com altos índices de produtividade. Somos a maior produtora de milho e soja e uma das regiões que mais produz frangos, suínos e leite. Com a inovação e a força do cooperativismo, vamos melhorar ainda mais a nossa produtividade e a rentabilidade”, afirma o diretor-superintendente do PTI-Brasil, General Eduardo Castanheira Garrido Alves.

“A tecnologia móvel 5G, além da navegação mais rápida, promete criar uma grande revolução no setor por meio das possibilidades de automação e geração de dados em tempo real em diversos setores da cadeia produtiva. O agronegócio é muito relevante para o país, tem potencial de gerar modelos de negócios para a Huawei, e ainda impulsionar o desenvolvimento tecnológico do Brasil”, afirma Francisco Menezes, Diretor de Vendas da Huawei.

(*) Com informações da Huawei

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta