Indústria de calçados Suzana Santos, de Santa Catarina, inicia exportações para o Kuwait

0

São Paulo – A empresa Suzana Santos exporta seus calçados femininos para o Kuwait e está em contato com possíveis importadores nos Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita e Omã. “Meu produto tem a ver com esses países. Acredito que há muito potencial [de mercado]”, afirma a gerente de exportação da indústria, Suzana dos Santos.

Para o Kuwait, a empresa chegou a vender há cerca de quatro anos e depois ficou alguns anos fora do mercado. A comercialização foi retomada recentemente e a Suzana Santos agora tem como clientes três distribuidores no país do Golfo. Os contatos com os outros países árabes foram feitos neste ano durante participação da empresa em duas feiras na Europa.

A gerente de exportação afirma que esses países do Oriente Médio gostam de calçados sintéticos, e o estilo e preço buscados também se encaixam no que a Suzana Santos oferece. A empresa produz calçados femininos em sintético de todos os modelos, desde as rasteirinhas até as sandálias altas, sapatilhas, meia-pata, plataformas, botas, entre outras.

A Suzana Santos tem 20 anos de existência e exporta desde o começo da sua história, mas há dois anos a empresa resolveu investir mais no mercado internacional. Como parte dessa estratégia, foi aumentado o volume de produção, mais profissionais foram contratados para a área de exportação e agendadas participações em feiras internacionais europeias. Hoje seus principais mercados no exterior são América do Sul e Central.

Em fevereiro deste ano, a companhia esteve em duas feiras de calçados: Micam, mostra italiana, e GDS, na Alemanha. A participação nestas feiras é uma aposta da Suzana Santos para atingir dois mercados que a empresa acredita que podem alavancar o seu crescimento no exterior: o europeu e o do Oriente Médio. A Suzana Santos ainda planeja participar de outra feira, na Itália, neste ano, mas está aguardando disponibilização de espaço. Os árabes costumam visitar essas mostras europeias para buscar produtos. “Tem muito árabe”, diz a executiva.

Os planos da empresa são aumentar a participação das exportações para pelo menos 20% da produção, de acordo com a gerente. Atualmente a indústria produz ao redor de 20 mil pares por dia e destina de 10% a 15% deste volume para o mercado internacional. A produção varia segundo o momento do mercado e a estação do ano.

A empresa foi criada por Almir dos Santos, que chegou a ter outra indústria em sociedade. Quando a sociedade foi desfeita, ele criou a Suzana Santos com o nome da filha. A indústria também tem outra marca, a Renata Mello. A empresa trabalhava com couro no começo das suas atividades, mas se voltou para o sintético há cerca de oito anos porque viu mais mercado para os produtos com essa matéria-prima. A produção fica na cidade catarinense de São João Batista, um polo industrial de calçados femininos.

Contato:

Suzana Santos
Telefone: +55 (48) 3265-6800
Site: www.suzanasantos.com.br

Fonte: ANBA

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta