Irmãos e sócios, Evelyn Gaviolli e Zé Hélio têm paixões em comum: Trancoso e Pousada Estrela D’Agua

0
396

Última atualização:

São Paulo – Um é apaixonado por velocidade. A irmã, por sua vez, tem como um de seus hobbies fazer bordados para alta costura, meditar e cultivar hortas orgânicas. Diferentes em suas preferências e hábitos pessoais, José Helio Gonçalves Rodrigues, mais conhecido como Zé Helio, é irmão de Evelyn Gaviolli. Juntos eles administram a Pousada Estrela D’Água, propriedade da família que está completando 21 anos e é um dos endereços mais descolados de Trancoso e de todo o sul da Bahia.

Vivendo na ponte aérea entre São Paulo e Bahia, a paulistana Evelyn é formada em Artes Plásticas e mãe de três filhos – duas meninas e um garoto. Depois que sua família adquiriu a propriedade e ela foi trabalhar com os pais, decidiu investir no ramo de hospitalidade e cursou MBA em Gestão de Hotelaria de Luxo.  Com a experiência adquirida nessas mais de duas décadas, ela avalia que a maior dificuldade que encontra para manter a qualidade dos serviços da pousada reside, justamente, na falta de mão de obra qualificada. “No entanto, aprendi que com um bom recrutamento e bastante treinamento conseguimos reverter esta situação”, afirma. 

Irmãos e sócios, Evelyn Gaviolli e Zé Hélio têm paixões em comum: Trancoso e Pousada Estrela D’Agua

Esta fórmula, por sinal, ajuda a compreender a boa reputação – e consecutivos prêmios nacionais e internacionais – que a Estrela D’Água desfruta. “Eu atribuo tudo isso ao padrão de excelência que mantemos. Sempre tratamos nossos hóspedes com muita cordialidade e proporcionamos experiências, algo que, acredito, faz a diferença. Além disso, creio que ao tratar nossos colaboradores com respeito e proporcionando a eles a possibilidade de crescimento profissional isso se reflete diretamente na qualidade de vida deles e, por consequência, no atendimento aos nossos hóspedes”, diz.

Irmãos e sócios, Evelyn Gaviolli e Zé Hélio têm paixões em comum: Trancoso e Pousada Estrela D’Agua

Sobre isso, ela afirma que algo que lhe dá imensa satisfação no universo da hospitalidade é perceber que os hóspedes se tornam amigos e recebê-los a cada temporada ou os vendo recomendando a pousada.

Irmãos e sócios, Evelyn Gaviolli e Zé Hélio têm paixões em comum: Trancoso e Pousada Estrela D’Agua

Quanto ao fato de viver com um pé em Trancoso e outro em São Paulo, Evelyn se diverte: “Como dizem na Bahia, é ruim, mas é bom. É bom, mas é ruim. É uma rotina cansativa, pois nem sempre consigo aproveitar a praia e o sol quando estou em Trancoso, pois trabalho muito quando estou lá. Porém, ao mesmo tempo tenho grandes amigos e consigo desopilar da cidade grande”. 

Igualmente apaixonado por Trancoso e sócio da irmã na pousada, Zé Hélio não omite sua grande paixão: velocidade sob rodas, seja moto ou carro. Uma paixão que ele, pai de um menino de 9 anos de idade, nutre há 26 anos, desde o tempo de adolescência. Zé Hélio começou a participar de corridas oficiais aos 13 anos de idade. Foi campeão paulista de enduro em 1993, acumula cinco títulos do Rally dos Sertões (com motos) e um título na categoria de buggy. Também participou quatro vezes do Rally Dakar, no qual ficou em terceiro lugar (motos) em 2009 e sagrou-se campeão no Rally dos Sertões Série 2019 com buggy.

Irmãos e sócios, Evelyn Gaviolli e Zé Hélio têm paixões em comum: Trancoso e Pousada Estrela D’Agua

Com vasta experiência, ele admite que pilotar motos sempre lhe deu maior prazer e garantiu doses extras de adrenalina.  “Motocicletas sempre foram minha vida e minha paixão. Porém, a idade e em uma evolução natural, mudei para os carros, que garantem muito mais segurança”, diz.  Sobre conciliar sua participação em campeonatos com a rotina do hotel, ele afirma: “Às vezes, vira correria, mas a gente sempre consegue um tempo para as coisas que fazemos com amor”.

E entre uma corrida e outra Zé Hélio repõe suas energias na Bahia. “Trancoso é mágico,  tem pessoas, lugares, luas, negócios, diversão, saúde,  paisagens, clima, loucura, paixões e paz. Tudo junto e misturado. Difícil não se apegar”.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta