Isenção de visto durante a Olimpíada e Paralimpíada Rio 2016 é divulgada em evento na Austrália

0

Brasília – A participação brasileira na primeira etapa da Latin America Travel Week, em Sydney, foi marcada pela divulgação da isenção de visto para turismo para Austrália, Canadá, Estados Unidos e Japão durante a Olimpíada e Paralimpíada Rio 2016. Além disso, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) participou de rodadas com o trade australiano especializado em América Latina para apresentação do Brasil como opção de destino de longa distância.

A feira, organizada pela ATALA (Australian Tourism Association for Latin America), ocorre em Sydney, de 15 a 18 de maio, e em Melbourne, de 19 a 22. O evento conta com a parceria com o Consulado do Brasil em Sydney.

image002

“A atuação do Instituto, no evento, faz parte da estratégia de promoção da isenção temporária de vistos para o Brasil concedida a países com forte tradição olímpica. Essa ação deve resultar em um incremento de 20% no número de visitantes das nacionalidades contempladas durante a Olimpíada e Paralimpíada do Rio de Janeiro”, destacou Bruno Reis, coordenador da Diretoria de Inteligência e Promoção Turística. Estimativas do Ministério do Turismo indicam que a medida pode acrescentar até US$ 1,7 bilhão a mais na economia brasileira.

De acordo com a Portaria nº 216, divulgada em 30/12/2016, o estrangeiro beneficiado pela isenção de visto terá o limite de 90 dias, a contar da data da primeira entrada, para permanecer no Brasil. A medida terá vigência de 1º de junho a 18 de setembro de 2016.

“A Austrália é um País prioritário para a Embratur, pois tem aumentado seu emissivo de turistas em território nacional. Não pudemos deixar de observar o crescimento desse mercado em 2014, quando 67 mil australianos estiveram no Brasil no ano da Copa do Mundo FIFA 2014, um aumento de 33% em relação ao ano anterior”, enfatizou o coordenador do Instituto.

Para os Jogos Olímpicos, mais de 53 mil ingressos já foram comprados na Austrália. Até o começo do mês de abril, o Comitê Organizador do Mundial registrou que o País ocupa a 5ª posição no ranking dos que garantiram maior volume de entradas para a primeira Olimpíada da história da América do Sul.

Com o intuito de potencializar a campanha de isenção de visto durante os Jogos, a Embratur fará divulgação de internet sobre a temática a partir do dia 23 deste mês e entrará com a mídia no exterior e mídia de bordo no dia 1º de junho.

Melhor destino de longa distância

Em reuniões e rodadas de negócios com o trade australiano especializado em América Latina, nesta terça-feira (17), a Embratur apresentou o Brasil como melhor opção de destino de longa distância em diversos segmentos, durante a Latin America Travel Week, em Sydney. Uma das reuniões ocorreu às 10h com a Australia Brazil Business Council, conselho aberto há pouco mais de 1 ano na Austrália. Este conselho é mantido pelos dois países e é focado em B2B (Business-to-business).

O encontro tratou da possibilidade de a Embratur se tornar parceira do Conselho. A Australia Brazil Business Council conta com empresas de segmentos diversos. Tem como uma das principais metas criar a pauta do turismo na agenda das empresas associadas, aproximando o Incoming brasileiro com operadores australianos, para que o Brasil esteja na “prateleira” do mercado.

“A Austrália tem um potencial enorme de emissão de turistas para o Brasil, além de ter características muito similares às do nosso País. Temos que inserir o Brasil na lista de destinos desejados pelo povo australiano”, disse Bruno Reis.

O turista da Austrália fica, aproximadamente, 12 dias no Brasil e tem gasto médio diário de 71 dólares. Quando o foco da viagem é lazer, os destinos preferidos são Rio de Janeiro, São Paulo e Foz do Iguaçu. Já o turista de negócios procura Porto Alegre, além de Rio e São Paulo, tendo um gasto médio de 346 dólares. O segmento de Sol e Praia empata com o de Ecoturismo e Aventura, ambos com 23% da cota dos australianos que vêm ao Brasil.

Da Austrália, os representantes da Embratur seguem para o Japão para participar, no dia 20, de uma série de entrevistas com a imprensa local, na Embaixada do Brasil em Tóquio.

ATALA

A Australian Tourism Association for Latin America (ATALA) é uma associação com sede na Austrália dedicada à promoção de viagens para a América Latina. A finalidade da América Latina Travel Week 2016 é aumentar a consciência da América Latina como um destino de viagem com os consumidores australianos e agentes de viagens de varejo.

A feira promove oportunidades para painéis e produtos apresentarem-se ao mercado australiano, oferecendo-lhes o acesso aos consumidores finais alvo, aos principais agentes de viagens de varejo, ao trade latino-americano e à imprensa australiana especializada.

Fonte:  Embratur

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta