Macro Rodada de Negócios no Equador terá o Brasil como destaque entre 27 países participantes

0
225

São Paulo –  A Macro Rodada de Negócios no Equador acontecerá nos dias 06 e 07 de junho na cidade de Guayaquil, no Equador, e deve reunir  diferentes setores da indústria equatoriana e mundial. A expectativa é receber cerca de 200 compradores e mais de 550 exportadores equatorianos de  diferentes setores da oferta exportável.

Entre os 27 países convidados, destaque para o Brasil com o qual o Equador mantém forte relação comercial,. A ideia é fortalecer o relacionamento comercial e abrir novos canais, como o camarão e as rosas, por exemplo.

“A Macro Rodada de Negócios do Equador é a plataforma comercial mais importante do país, na qual se reúnem os principais representantes das indústrias produtivas que dinamizam o comércio exterior equatoriano, promovendo uma oferta exportável de qualidade premium. afirma Alexis Villamar, diretor do ProEcuador Brasil, escritório comercial do Equador no Brasil, instituto responsável pela promoção das exportações e investimentos no pais.

Na quinta edição realizada em 2016, a Macro Rodada congregou mais de 169 empresas internacionais entre importadores, distribuidores, atacadistas, varejistas, redes de supermercados e hipermercados de 31 países. Ao todo, em dois dias de evento foram realizadas 4795 reuniões de negócios com cerca de 589 empresas equatorianas. Deste grupo, 12 empresas brasileiras visitaram o Equador – uma das maiores delegações a participar.

Entre os demais países participantes estão: Alemanha, Argentina, Bolivia, Canadá, Chile, China, Colômbia, Coreia, Cuba, Emirados Árabes, Espanha, Estados Unidos, França, Guatemala, Holanda, India, Italia, Japão, México, Peru, Reino Unido, República Dominicana, Rússia, Suécia, Turquia e Venezuela.

A data limite para realizar a inscrição é dia 26 de abril.  Mais informações entre em contato com o ProEcuador Brasil pelos emails:proecuador.brasil@gmail.comsaopaulo@proecuador.gob.ec, ou pelo telefone (11) 2769.1999.

(*) Com informações do ProEcuador

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta