Mais oportunidade de negócios para as Mulheres do Café

0
1649

Ana Carolina Querino (*)

Graças ao apoio do “Programa Ganha-Ganha: Igualdade de gênero significa bons negócios”, produtoras de café do Brasil, da Costa Rica e da Jamaica pertencentes à Aliança Internacional das Mulheres do Café (IWCA) e da Argentina – país consumidor – se encontrarão pela segunda vez este ano. O Programa Ganha-Ganha é uma parceria da ONU Mulheres, Organização Internacional do Trabalho e da União Europeia, com o financiamento do seu Instrumento de Associação, que visa contribuir para o empoderamento econômico das mulheres.

Desta vez, o encontro será em Belo Horizonte, Minas Gerais, durante a Semana Internacional do Café (SIC), que será realizada de 20 a 22 de novembro de 2019. O evento é uma oportunidade para fortalecimento das redes de contatos, troca experiências e realização de negócios.

A SIC oferece variadas atividades focadas nas áreas de Mercado & ConsumoConhecimento & Inovação e Negócios & Empreendedorismo para profissionais do café do mundo todo.

A participação das mulheres dos países que fazem parte do Programa Ganha-Ganha na SIC representa o desdobramento da missão a Berlim, em junho de 2019, para a World of Coffee, feira internacional promovida pela Associação de Cafés Especiais (SCA) que a cada ano é realizada em uma capital europeia.

Na ocasião, as participantes receberam mentoria, participaram de cuppings e encontraram compradores potenciais. Conhecer o mercado é fundamental para a realização de negócios e a feira da SCA é o melhor ambiente para isso.

Agora, em Belo Horizonte, durante a SIC, a mais importante feira de café do país, as produtoras, torrefadoras, baristas, donas de cafeterias e exportadoras terão a oportunidade de conhecerem potenciais compradores durante a rodada de negócios e o cupping dos seus cafés que já estão sendo selecionados.

A Aliança Internacional das Mulheres do Café (IWCA) Brasil realiza o encontro anual da entidade no contexto da feira desde 2011. No ano passado, o evento reuniu mais de 600 mulheres do sistema agroindustrial do café. Este ano, a expectativa é que a feira reúna um número ainda maior de participantes no I Encontro Regional das Mulheres do Café da América Latina e Caribe. O Programa Ganha-Ganha também apoia a organização e a participação das mulheres neste evento.

Além disso, o Programa Ganha-Ganha irá facilitar a realização do I Encontro das Mulheres do Cacau e do Chocolate. Conforme diversos estudos demonstram, somente organizadas em entidades legalmente constituídas, as mulheres conseguem acessar os recursos disponíveis – financeiros ou não, como treinamento, cursos e capacitação.

Programa “Ganha-Ganha: igualdade de gênero significa bons negócios” é um programa criado em parceria pela ONU Mulheres, Organização Internacional do Trabalho (OIT) e União Europeia, financiado pela União Europeia para promover a igualdade de gênero através do setor privado. O objetivo é aumentar o empoderamento econômico das mulheres e a liderança de empresárias e empreendedoras, fomentando sua participação no mercado de trabalho. O programa abrange 6 países Argentina, Brasil, Chile, Costa Rica, Jamaica e Uruguai, sendo que o escritório da ONU Mulheres Brasil atua na coordenação regional.

O programa contribui para que o setor privado assuma seu papel no alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), com ênfase no ODS 5 (Igualdade de Gênero), ODS 8 (Trabalho decente e crescimento econômico), ODS 10 (Redução das desigualdades). É também um exemplo do  ODS 17 (Parcerias para alcançar os objetivos). Para mais informações acesse – http://www.onumulheres.org.br/ganha-ganha/

(*) Ana Carolina Querino – Representante Interina da ONU Mulheres Brasil, também oficial nacional de Programas da agência, cientista política e mestra em Ciências Sociais com ênfase em políticas comparadas pela Universidade de Brasília (UnB).

Comentários

Comentários

Deixar uma resposta