Miami e Los Angeles recebem últimas etapas de sete países do roadshow Brazil Experience no primeiro semestre

0

Brasilia – Após o sucesso das rodadas de negócios em Nova York, o Brazil Experience desembarca em Miami nesta terça-feira (28) e fecha o primeiro semestre em Los Angeles, na quinta-feira (30). A ação faz parte do ciclo de roadshows promovido pela Embratur para capacitar operadores e trade nacional e internacional de diversos países com o intuito de fortalecer a imagem do Brasil no mercado externo.

Ao longo dos primeiros seis meses do ano, o Brazil Experience promoveu a interação do mercado turístico de sete países na América do Sul e América do Norte: Uruguai, Paraguai, Argentina, Chile, Colômbia, Canadá e Estados Unidos. Neste período, 1 mil profissionais do setor foram capacitados, com a realização de mais de 1,3 mil rodadas de negócios, o que representa cerca de 13 mil contatos comerciais entre os operadores brasileiros e estrangeiros. No segundo semestre, os eventos serão realizados na Europa.

“O objetivo da Embratur é ampliar a comercialização dos produtos e destinos turísticos brasileiros no exterior. Em Nova York, ficou claríssimo que as reuniões, capacitações e rodadas de negócios estão sendo muito bem aproveitadas, o que certamente irá contribuir para o aumento do turismo no Brasil”, afirma o presidente da Embratur, Silvio Nascimento, que participou presencialmente do roadshow na reconhecida capital financeira do mundo.

O Brazil Experience na América do Norte foi dividido em duas etapas. Na primeira, semana passada, as atividades ocorreram em Toronto, Chicago e Nova York, com 12 coexpositores parceiros da Embratur. Este último contou com a participação de 180 operadores e agentes locais. Agora, em Miami e Los Angeles, serão 16 coexpositores do Brasil, com previsão de mais de 600 reuniões de negócios com agentes e operadores norte-americanos ao término do ciclo.

O mercado americano é um dos focos de atuação da Embratur para atrair mais turistas. Ao todo, 590 mil visitantes americanos estiveram no Brasil em 2019, antes da pandemia de Covid-19, posicionando os Estados Unidos como o segundo maior emissor de turistas internacionais ao país, atrás apenas da Argentina. Desde junho de 2019, há a isenção de visto para a entrada de americanos e canadenses no Brasil, tema que tem sido reforçado durante os roadshows como facilitador ao acesso dos turistas.

Segundo levantamento recente da Gerência de Inteligência Mercadológica e Competitiva da Embratur junto à Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), mais de 72 mil passagens já foram compradas por turistas dos Estados Unidos para desembarcar em cidades brasileiras entre os meses de junho e julho de 2022.

(*) Com informações da  Embratur

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta