Minerva Foods exporta primeiro lote de carne certificada Carbono Neutro a partir do Brasil com destino aos Estados Unidos

0

São Paulo – A Minerva Foods, líder em exportação de carne bovina na América do Sul e uma das maiores empresas na produção e comercialização de carne in natura e seus derivados no país, anuncia o primeiro embarque de produto certificado Carbono Neutro a partir de suas operações no Brasil, com destino aos Estados Unidos da América (EUA). O embarque teve como origem a unidade de Araguaína (TO) e os cortes exportados são da marca Minerva, destinados à indústria para a produção de alimentos preparados.

A conquista da certificação ocorreu por meio do Programa Renove, desenvolvido pela Minerva Foods. Uma iniciativa que visa o engajamento e atuação colaborativa com os pecuaristas fornecedores da Companhia, na implementação de uma pecuária de baixa emissão de carbono. Para receber o selo CO2 Neutral foram mensuradas as emissões geradas ao longo de todo o processo produtivo, desde as propriedades rurais, passando pelo processamento e o transporte até o destino final – etapas correspondentes aos escopos 1 e 3 da Minerva Foods, já que a empresa é carbono neutro no escopo 2 desde 2020. A chancela foi concedida por organização certificadora independente, presente em mais de 100 países.

Para o estudo de emissões das fazendas fornecedoras de gado foram coletados dados anuais dos escopos 1, 2 e 3 das fazendas, tais como: uso do solo; sistemas de produção agropecuário; raça do rebanho; taxa de lotação; sistema de manejo de esterco e das pastagens; tratamento de resíduos e de águas residuais; número médio de animais por idade; sexo e sistema de produção; combustível utilizado; consumo de energia elétrica e insumos agrícolas utilizados.

As informações foram compiladas por meio da ferramenta de cálculo desenvolvida pelo Imaflora (Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola), que está alinhada ao GHG Protocol para Agricultura e Pecuária (WRI, 2015) e Diretrizes para Inventários Nacionais de Gases de Efeito Estufa (IPCC, 2019 Refinamento das Diretrizes de 2006).

Com planos de redução de emissões em fazendas e unidades industriais, o volume residual é compensado por meio da MyCarbon — subsidiária da Minerva Foods que atua no mercado de créditos de carbono — considerando o montante necessário para neutralizar todo o processo e utilizando os créditos de carbono gerados a partir de projetos de plantio de árvores e preservação florestal.

As reduções e remoções de gases do efeito estufa, inclusive, é um dos pilares estratégicos da Minerva Foods, que tem como compromisso público tornar-se uma Companhia net-zero até 2035.

(*) Com informações da Minerva Foods

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta