Ministro da Economia do Chile participa em SP de Seminário sobre Negócios e Investimentos

0

São Paulo –  O ministro da Economia, Fomento e Turismo do Chile, Sr. Luis Felipe Céspedes Cifuentes, participa nesta terça-feira (4), em São Paulo, do Seminário “Brasil/Chile – Ampliando Negócios e Investimentos”, atividade que integra o Sabores do Chile, principal evento da agenda da indústria agrícola e de alimentos e bebidas do país.

Também participam da atividade, realizada em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), o Vice-Presidente do Comitê de Investimentos do Chile, Jorge Pizarro, e o diretor comercial do ProChile Brasil, Oscar Páez Gamboa. O seminário abordará, em linhas gerais, o Chile como um mercado interessante para as empresas brasileiras, que estão iniciando um processo de internacionalização.

O evento tem o apoio da Embaixada do Chile no Brasil, o Sistema FIESP / CIESP, do Comitê de Investimentos Estrangeiros do Chile, Ministério de Relações Exteriores – Chile, Sociedade de Fomento Fabril (SOFOFA) – Chile, Ministério de Economia, Fomento e Turismo – Chile, Capítulo Empresarial no Chile, da Aliança do Pacífico e do Comitê Empresarial da América Latina – CEAL.

A proximidade geográfica e cultural com o Brasil, sem dúvida, são fatores importantes para o empresário brasileiro, que está começando a explorar o mercado internacional. Porém, mais que isso, no seminário serão destacados alguns benefícios que o Chile pode oferecer para os empresários brasileiros, no que tange à ampla rede de acordos comerciais que o Chile mantém, com mais de 85% do PIB mundial, entre outros aspectos relacionados, tais como, certificação de origem, encadeamentos produtivos, etc.

Ministro da Economia do Chile participa em SP(2)Programa

O seminário sera aberto às 9h pelo Sr. Jaime Gazmuri Mujica, embaixador do Chile no Brasil e na sequência, o ministro Luis Felipe Céspedes Cifuentes fará uma exposição de 15 minutos sobre as relações econômicas, comerciais e no campo do turismo entre o Chile e o Brasil. Depois, será a vez de João Guilherme Sabino Ometto (vice-presidente da Fiesp/Ciesp) fazer uma apresentação abordando o momento atual e perspectivas das relações entre o Brasil e o Chile sob a ótica da Fiesp/Ciesp.

A programação do seminário prevê ainda exposições a cargo de Jorge Pizarro Cristi (vice-presidente Executivo do Comitê de Investimentos Estrangeiros do Chile), de Rafael Sabat Méndez (sub-diretor Internacional do ProChile), de Patrício Caniulao, que abordará o tema “Integração Produtiva Chile/Brasil), de Hugo Baierlein (gerente de Comércio Exterior da Sociedade de Fomento Fabril-Chile). Haverá ainda uma apresentação de casos de sucesso, a cargo de Riardo Giuzeppe Mascheroni (presidente do Capítulo Empresarial no Chile, da Aliança do Pacífico), sob o título “Oportunidades e Desafios – Aliança do Pacífico e o Brasil”. O programa prevê ainda exposição de Ingo Ploger, presidente do Consejo Empresarial de America Latina, CEAL), e uma sessão de perguntas e respostas.

 

 

Sabores do Chile

Com mais de uma década de edições mundiais, o encontro anual Sabores do Chile teve início hoje (3) e se encerrará amanhã (4), em São Paulo, principal destino dos negócios do país. Este ano, o encontro percorre um roteiro ao redor do mundo começou em maio, na Espanha, e passou por cidades da China e do México antes de chegar à capital paulista.

Organizada pelo ProChile, instituição que atua na promoção das exportações de bens e serviços chilenos, a programação do evento, que envolve também as áreas de Turismo e Investimentos, contará com rodadas de negócios, visitas técnicas a centros de distribuição e varejo e encontros entre empresários chilenos e brasileiros, atividades que têm como principal objetivo diversificar e impulsionar os números da exportação chilena nos setores agrícola, alimentício e de bebidas.

Em dois dias, serão aproximadamente 425 reuniões, das quais cerca de 50% acontecerão com empresas de outros estados além de São Paulo, dentre eles Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, fato que reforça o compromisso do evento em ampliar a presença chilena no Brasil e descentralizar as oportunidades de comércio exterior de empresas do Chile, país que exporta cerca de US$ 15 bilhões ao ano em alimentos para todo o mundo e mantém a primeira posição do ranking global na exportação de uva, mirtilo, ameixas frescas, maçãs desidratadas, trutas, salmão e mexilhões.

“O Sabores do Chile segue uma estratégia do ProChile Brasil de oferecer oportunidades de negócios para outros mercados além de SP, por isso expandimos os contatos com empresários de outros estados do Brasil”, conclui Oscar Páez Gamboa, diretor comercial do órgão responsável por assuntos comerciais do Chile no Brasil.

A crescente proximidade comercial entre os dois países fica evidente nos resultados avaliados no primeiro semestre de 2014, período em que o país registrou crescimento de 16% nas exportações de bens. Entre os itens mais exportados estão os produtos do mar, que apresentaram aumento de 41% nos seis primeiros meses deste ano, os vinhos, com crescimento de 24%, e produtos agropecuários, que tiveram aumento de 11%.

Também se destacam as frutas secas e desidratadas, que ocupam o segundo lugar no ranking comercial, com 24,2% de participação no mercado, além das frutas frescas, com um percentual de 17,6%; e o azeite de oliva, que aparece na quinta posição, com 4,3% das exportações. Atualmente, o Brasil está posicionado como quarto maior parceiro comercial do Chile, atrás da China, Estados Unidos e Japão.

Considerado um dos mais estáveis e prósperos países da América Latina, o Chile é citado como uma das verdadeiras potências na indústria alimentícia por apresentar vantagens tanto competitivas quanto comparativas em todas as etapas de produção e exportação de alimentos, fato que o classifica como um dos fornecedores mais seguros e confiáveis do setor.

No quesito competitivo, o país tem posição geográfica privilegiada, entre os Andes e o Pacífico, o que proporciona um isolamento positivo, ideal para garantir maior proteção biológica e sanitária. Quanto às vantagens comparativas, pode-se apontar para a estabilidade política e econômica, altamente incentivadora ao empreendedorismo; sua moderna infra-estrutura em termos de logística e processos de exportação; uso de tecnologia moderna para a produção e o processamento de diversos produtos, o respeito ao cumprimento de normas e certificações internacionais rigorosas, além de uma extensa rede de acordos de livre comércio com 61 países.

“Os produtos chilenos já compõem o cardápio dos brasileiros e nosso ideal é ampliar ainda mais essa oferta. Além do salmão, do mexilhão, das frutas frescas e desidratadas, dos vinhos e do azeite, temos mais opções saudáveis e com alta qualidade e sabor agregados, características cada vez mais procuradas pelos consumidores do Brasil”, conclui Oscar Páez.

Rodadas de Negócios

Verdadeira ferramenta de apoio para os participantes, as reuniões entre empresários facilitam relações comerciais e fomentam o encontro com compradores ou potenciais compradores. Para a ocasião, já estão confirmadas as presenças do Ministro da Economia do Chile, Luis Felipe Céspedes Cifuentes, que participará de um seminário de investimentos junto ao Embaixador do país, Jaime Gazmuri Mujica.

“A ideia é fazer desse momento uma oportunidade para reforçar laços e abrir novas perspectivas para a expansão gradual e crescente deste mercado alimentício. É um trabalho conjunto e recíproco, que busca tornar as relações comerciais entre chilenos e brasileiros cada vez mais forte, incentivando a prosperidade mútua de dois países que podem crescer simultaneamente e potencializar sua presença e influência mundiais”, reforça o diretor comercial do ProChile.

Com participação ampla, este ano o evento irá contar com 25 empresas que irão apresentar alta diversidade em alimentos e bebidas. Comprovando a variedade em tradição e qualidade, 44% das companhias vêm não apenas de Santiago como de diversas regiões do Chile e quase 50% delas representam produtos como vinhos, azeite, mexilhão e salmão de marcas setoriais estratégicas para o Chile (confira o box abaixo):

EMPRESA PRODUTO
Capespan Chile Uva Red Globe; Thompson Seedless; Cerejas; Maçãs Red Delicious; Royal Gala
Integrachile Filé de salmão; salmão Coho
Goodvalley Ameixas e uvas-passas
Monteolivo Azeite de Oliva
Patagonia Taste Ameixas secas, uvas passas, vinho; mirtilos (congelados); framboesas (congeladas)
Agrosuper Frango, peru, carne de porco, salmão fresco e congelado.
Granja Marina Chauquear Ltda. Mexilhão e marisco
Vilkun Berries Mirtilo desidratado e chás de frutas e cerejas
Mejillones América Mexilhões congelados
Bodegas y Viñedos Tres Palacios Spa. Vinhos e destilados
Exportadora y Servicios Rucaray S.A. Ameixas, frutas frescas, damascos, uvas, maçãs e cerejas
Salmón Koy Salmão fresco e congelado, filés de salmão, fresco e refrigerado
Exportadora Montilla Maçãs frescas
Agricola Pobeña S.A Azeite de Oliva
Icb s.a. Molhos, condimentos, nozes, molho de pimenta, vinagre
Olivos Olimpo Azeite de Oliva
Vallesur Ltda. Uvas frescas, uvas-passas, ameixas secas
Berry Bee Sucos concentrados, frutos, polpas de frutas
Radal Walnuts of Chile Nozes com casca
Cantaluna Vinhos
Pesbasa Mexilhões
Patagonic Tradex ltda Lagosta, caranguejo, polvo, ouriço do mar, salmão
Prunesco Ameixas Secas
Frigorifico Patagonia Carcaças de cordeiro congelado, variados cortes de cordeiro congelado
Dfv Spa Ameixas secas, uvas-passas
Sur Valles Limitada Vinho
TammFruit Vinhos, fruta fresca, sucos 100% naturais

Jantar ‘Sabores do Chile’

Para guiar os participantes pelos principais portos mercadológicos, especialistas do ProChile conduzem visitas aos supermercados, lojas especializadas e entrepostos para conservação de produtos e conduzem os encontros com especialistas, aduaneiros e agentes intervenientes deste mercado.

Fechando a atividade, um jantar no Rosa Rosarum, espaço de eventos capitaneado pelo renomado chef Christophe Besse irá reunir importadores, profissionais de cadeias de hotéis, supermercados e restaurantes, distribuidores, jornalistas e líderes de opinião para a degustação do menu assinado por Francisco Mandiola, profissional certificado pelo CIA (Instituto americano de Culinária), atual chef executivo do Restaurant Europeo, de Santiago, e consultor gastronômico com ampla experiência em distintas empresas de catering.

Inovador e moderno, o cardápio do chef já premiado pela revista latinoamericana JOY nas categorias “Chef Revelação” e “Melhor Restaurante” irá apresentar típicos ingredientes da culinária chilena, como o salmão, o mexilhão e as frutas frescas, em uma experiência gastronômica baseada na versatilidade e qualidade dos produtos que compõem a principal oferta exportável do Chile.

ProChile

Escritório comercial do Chile no Brasil, o ProChile apoia a promoção das exportações de bens e serviços chilenos, além de contribuir na atração de investimentos estrangeiros e no fomento do turismo do país. Com mais de 35 anos de experiência e uma rede de mais de 50 escritórios comerciais no mundo, o ProChile apoia empresas chilenas a participarem das mais importantes feiras e conferências internacionais, bem como eventos em que empresários de diferentes regiões do mundo se reúnem para estreitarem relações comerciais. Mais informações: http://www.prochile.gob.cl.

Fonte: ProChile

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta