Ministro de Cingapura virá ao Brasil para tratar de temas políticos, comércio e investimentos

0

Brasília – O ministro dos Negócios Estrangeiros de Cingapura, Kasiviswanathan Shanmugam, estará em Brasília no próximo dia 5 de abril para uma visita oficial que terá uma agenda das mais abrangentes: relações políticas, econômicas, comerciais e cooperação entre os dois países e temas da atualidade internacional, tais como a reforma do Conselho de Segurança das Nações Unidas, situação no Oriente Médio e candidatura do embaixador Roberto Azevedo para a direção-geral da Organização Mundial de Comércio (OMC). Ele aproveitará a visita para inaugurar a embaixada de Cingapura em Brasília.

A visita do ministro K. Shanmugam está sendo cuidadosamente preparada pelo Itamaraty que considera Cingapura um parceiro cada vez mais importante para o  Brasil. Nos últimos anos os dois países vêm intensificando suas relações e já foram identificadas diversas áreas de cooperação bilateral que devem ser objeto de uma troca de opinião entre autoridades brasileiras e o chanceler visitante.

Segundo fonte do Itamaraty, durante a visita também poderá ser abordada a possibilidade de a presidente Dilma Rousseff incluir o país asiático no roteiro de uma viagem que pretende realizar à Ásia e Oriente Médio ainda neste primeiro semestre. Na composição do roteiro estão sendo considerados diversos países, entre eles, a China, Dubai, Índia e Cingapura.

Em Brasília, o ministro de Cingapura se encontrará com o chanceler Antonio Patriota e deverá ser recebido pela presidente Dilma Rousseff. Ele deverá também visitar o Congresso Nacional e poderá se reunir com empresários e representantes da sociedade civil brasileira.

No encontro com o ministro Patriota, além das questões de natureza político-diplomáticas também será tratada a situação do intercâmbio comercial bilateral. Ambos os lados acreditam que o crescente comércio entre os dois países pode se tornar ainda mais expressivo se forem exploradas as diversas oportunidades de negócios existentes.

Nos últimos anos Cingapura tem se tornado um parceiro cada vez mais importante para o Brasil e vem constituindo em um grande fornecedor de superávits comerciais para o Brasil. Ano passado, as exportações brasileiras para Cingapura somaram US$ 2,942 bilhões, enquanto as vendas do país asiático para o Brasil totalizaram US$ 861 milhões. Com isto, o Brasil obteve um saldo de US$ 2,082 bilhões no intercâmbio com o país asiático.

Este ano, nos meses de janeiro e fevereiro,  as exportações brasileiras para Cingapura alcançaram a cifra de US$ 146 milhões, enquanto as importações se limitaram a US$ 51 milhões. O saldo favorável ao Brasil somou US$ 95 milhões nos dois primeiros meses do ano.

Durante a visita do ministro Shanmugam a Brasília também será tratada a questão dos investimentos daquele país no Brasil, que se concentram principalmente na indústria naval, mais precisamente na construção de estaleiros no país.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta