OMC eleva para 10,8% previsão de alta do comércio mundial em 2021 e indica desaceleração para 4,7% em 2022

0

Da Redação (*)

Brasilia –  A Organização Mundial do Comércio (OMC) elevou para 10,8% a previsão de alta para o comércio mundial de bens em 2021, ante um aumento de 8,0% previsto anteriormente, no mês de março. A revisão levou em conta o ressurgimento da atividade econômica global na primeira metade de 2021, que trouxe o comércio de mercadorias a um patamar acima do pico pré-pandêmico.

Ao mesmo tempo, a OMC projeta uma desaceleração  para 4,7% do intercâmbio global em 2022, ante 4,0% projetados anteriormente. Os dados foram divulgados ontem (4) pela OMC, em Genebra.

De acordo com a OMC, o crescimento do fluxo mundial de comércio deve se moderar à medida que o comércio de mercadorias se aproxima de sua tendência pré-pandêmica de longo prazo.  Na perspectiva da Organização,  questões do lado da oferta, como escassez de semicondutores e atrasos nos portos, podem sobrecarregar as cadeias de abastecimento e pesar no comércio em áreas específicas, mas é improvável que tenham grandes impactos nos agregados globais. Os maiores riscos negativos vêm da própria pandemia.

Por trás do forte aumento geral do comércio, entretanto, há uma divergência significativa entre os países, com algumas regiões em desenvolvimento ficando bem aquém da média global, sublinha a instituição.

“O comércio tem sido uma ferramenta crítica no combate à pandemia e este forte crescimento ressalta a importância do comércio para sustentar a recuperação econômica global”, disse a diretora-geral Ngozi Okonjo-Iweala.

“Mas o acesso desigual às vacinas está exacerbando a divergência econômica entre as regiões. Quanto mais tempo a desigualdade da vacina persistir, maior será a chance de surgirem variantes ainda mais perigosas do COVID-19, prejudicando a saúde e o progresso econômico que fizemos até agora “, afirmou

“À medida que nos aproximamos da 12ª Conferência Ministerial, os membros devem se unir e chegar a um acordo sobre uma forte resposta da OMC à pandemia, que forneceria uma base para a produção mais rápida de vacinas e distribuição eqüitativa. Isso é necessário para sustentar a recuperação econômica global. Política de vacinas é política econômica – e política comercial “, disse ela.

Foto: https://www.wto.org/

A grande taxa de crescimento anual do volume de comércio de mercadorias em 2021 é principalmente um reflexo da queda do ano anterior, que atingiu o seu ponto mais baixo no segundo trimestre de 2020. Devido a uma base comparativa mais baixa, o crescimento anual no segundo trimestre de 2021 foi 22,0%, mas a projeção é de queda para 10,9% no terceiro trimestre e 6,6% no quarto trimestre, em parte devido à rápida recuperação do comércio nos dois últimos trimestres de 2020. O alcance da previsão para 2021 requer apenas um crescimento trimestral em média de 0,8% ao trimestre no segundo semestre deste ano, equivalente a uma taxa anualizada de 3,1%, informou a OMC.

(*) Com informações da OMC

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta