Parceria entre ABPA e Apex-Brasil estimula exportações da avicultura e da suinocultura em 2019



Última atualização: 8 de Janeiro de 2020 - 10:18
0
427

Brasília – Apenas em duas feiras, projetos setoriais fomentam mais de US$ 1,1 bilhão em negócios em pouco menos de cinco meses desde a confirmação do novo convênio de parceria, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) já comemoram grandes resultados para as exportações da avicultura e da suinocultura do País.

Renovado em agosto, o novo projeto foi fundamental para a realização de três das principais ações de fomento às exportações de aves, suínos, ovos e material genético em 2019: as participações das agroindústrias na ANUGA (maior feira de alimentos do mundo), SIAVS (principal evento da avicultura e da suinocultura do país) e CIIE (evento promovido pelo governo chinês, para o planejamento das importações).

Nas duas feiras com foco comercial (ANUGA e SIAVS), foram prospectados mais de US$ 1,1 bilhão em negócios no ciclo de 12 meses, segundo levantamentos feitos pela ABPA.

Os projetos Brazilian Chicken, Brazilian Egg, Brazilian Pork e Brazilian Breeders também deram suporte para a organização de ações estratégicas para o setor produtivo.  É o caso das ações de imagem e relações públicas do setor na União Europeia e na África do Sul, e de consultorias na União Europeia e China.

A imagem do setor, aliás, foi bastante fortalecida por meio da parceria neste ano.  No SIAVS, cerca de 30 jornalistas estrangeiros vieram ao Brasil para participação em uma ampla ação de transparência setorial. No mesmo evento – que é organizado pela ABPA – importadores e formadores de opinião contaram com projetos exclusivos.

“São mais de 15 anos de parceria com a Apex-Brasil.  A cada renovação de convênio, avançamos ainda mais nos resultados.  Em pouco tempo, geramos muito para o setor e para o País.  A expectativa é de ampliar ainda mais os resultados no próximo ano”, analisa Francisco Turra, presidente da ABPA.

(*) Com informações da Apex-Brasil

Comentários

Comentários

Deixar uma resposta