Participação na Premiere Vision em NY pode render US$ 3,5 milhões para empresas de couros

0

Brasília – O desenvolvimento das coleções de moda Primavera/Verão 2018 no hemisfério Norte foi oficialmente iniciado com a feira Première Vision New York, nos dias 17 e 18 de janeiro. Quatro curtumes brasileiros levaram ao evento seus artigos com o apoio do Brazilian Leather, projeto de incentivo às exportações de couros do Brasil realizado pelo Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A participação das empresas nacionais em Nova York tem a expectativa de gerar US$ 3,5 milhões em negócios para os próximos seis meses.

Esta edição da Première Vision consolidou o couro como um dos principais artigos de toda a mostra, que inclui também outros materiais. “Nesta edição, a influência e qualificação dos compradores do setor de couros foi maior, assim como o conhecimento de nossos produtos”, conta Paulo Amaury Costa, da empresa Nova Kaeru, especializada em peles exóticas.

Esta foi a terceira edição da Première Vision New York com espaço para couros, o que ampliou negócios junto aos compradores das grandes marcas americanas e agregou valor à feira, antes dedicada apenas aos têxteis e acessórios.

Um ponto que já está se tornando referência na Première Vision New York é o espaço do Brazilian Leather na feira, onde são expostas as peles do Preview do Couro. Estas peles têm tendências antecipadas de moda e são oriundas de diversos curtumes do Brasil, o que tem multiplicado a participação, a diversidade e os negócios do país nesta e em outras feiras por onde a coleção de peles passa.

Veja as empresas que participaram da Première Vision Leather Nova York com o apoio do Brazilian Leather:

Courovale

Cortume Krumenauer

Curtume Soubach

Nova Kaeru

 

(*) Com informações da Apex-Brasil

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta