Pernambuco vai investir mais R$ 3 bi na infraestrutura de Suape Global até o ano que vem

0

Brasília  – Principal frente de desenvolvimento do Estado de Pernambuco, o projeto Suape Global – Pólo Provedor de Bens e Serviços para Indústria de Petróleo, Gás e Naval – receberá, até o ano que vem, investimentos em obras de infraestrutura no valor de R$ 3 bilhões.

Estão previstas dezenas de obras de dragagem, terraplenagem e construção de acessos, com destaque para a duplicação da rodovia PE-60, a construção de via expressa e a dragagem do canal de acesso externo ao Porto – fundamental para receber qualquer tipo de navio.

O projeto Suape Global foi tema da primeira reunião de trabalho do Plano de Desenvolvimento de Arranjos Produtivos Locais para o Setor de Petróleo, Gás e Naval, realizada nesta terça-feira, 26, em Brasília.

Integrante do Plano Brasil Maior e do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp), da Petrobras, o plano de desenvolvimento irá atingir, inicialmente, cinco territórios-precursores: Ipojuca-Suape Global (PE), Maragogipe-São Roque (BA), Rio Grande-São José do Norte (RS), Ipatinga-Vale do Aço (MG) e Itaboraí-Conleste (RJ).

O objetivo do projeto é ampliar, a preços competitivos, a capacidade de oferta da indústria nacional à cadeia global de fornecedores nas áreas de petróleo, gás e naval. Para isso, serão utilizados diversos instrumentos de apoio e de crédito do MDIC, da Petrobras, do BNDES e da Finep, além de instrumentos que vierem a ser desenvolvidos e incorporados ao longo da execução do projeto.

O Complexo Industrial Portuário de Pernambuco tem provocado uma verdadeira revolução na indústria do estado, avalia o diretor do projeto Suape Global , Silvio Leiming. “Pernambuco vivia uma fase terrível, em que a indústria estava quase dizimada”, relata.

Suape conta hoje com uma refinaria e três plantas petroquímicas que somam investimentos da ordem de U$20 bilhões. São 25 mil empregos diretos e 50 mil empregos na construção civil.

Fonte: Plano Brasil Maior/assessoria de imprensa

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta