Pesquisa CNI mostra as 10 maiores dificuldades das empresas brasileiras na hora de exportar

0

Brasília – Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) com 2.344 empresários mostra os problemas para começar a exportar ou para aumentar as exportações. Foram entrevistados representantes de empresas que exportaram nos últimos 12 meses e que não exportaram. Era possível apresentar mais de uma resposta.  A pesquisa identificou os dez principais entraves enfrentados pelas empresas exportadoras brasileiras em suas ações de comércio exterior.

1. Burocracia
As empresas exportadoras reclamam mais da burocracia (39%) do que as não exportadoras (34%), apesar dos dois grupos reclamarem do excesso.

2. Sistema tributário
O sistema tributário brasileiro atrapalha a expansão para 31% das exportadoras e a iniciativa de começar para 24% das que não venderam para o exterior no último ano.

3. Infraestrutura de transporte
Uma em cada quatro empresas diz que a infraestrutura do país prejudica a logística para exportar. Entre os que não exportaram, 7% dizem que esse foi um impeditivo.

4. Taxa de câmbio
Para 22% dos que já vendem para o exterior, o câmbio não favoreceu as exportações. Dos que não venderam, 9% disseram que foi um problema para iniciar.

5. Barreiras tarifárias e não tarifárias
O excesso de barreiras atrapalharam 20% dos que já exportam e intimidaram 8% dos que ainda não começaram.

6. Financiamento para exportação
Dos exportadores, 18% disseram que foi um problema nos últimos 12 meses. A dificuldade de obter o recurso foi apontada por 8% dos que não exportaram.

7. Adequação de produto e processo produtivo para atender às demandas de compradores
Esse problema afetou mais os não exportadores do que os exportadores. Os que ainda não vendem para o exterior e que a apontaram foram 20% do total, contra 16% dos que já exportam.

 8. Falta de informação de mercados potenciais
A falta de conhecimento do mercado foi um impeditivo para 16% começarem a exportar. Dos que vendem, 12% reclamaram.

9. Escala de produção
Enquanto 11% dos exportadores reclamaram da escala de produção, 12% dos que não exportam citaram como um problema.

10. Trabalhador qualificado
A falta de trabalhador qualificada foi apontada por 4% dos exportadores e por 3% dos não exportadores

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta