Presidente da ABPA apresenta cenário geral do setor para produtores de aves e suínos

0

São Paulo – O presidente-executivo da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, palestrou na sexta-feira (29/04) para mais de 500 produtores de aves e de suínos do Rio Grande do Sul, em evento ocorrido na cidade de Serafina Corra (RS).

Palestrando a convite da empresa BRF (integradora dos produtores), Turra destacou o cenário geral da avicultura e da suinocultura do Brasil, detalhando números do desempenho da produção e das exportações de carne de frango e da carne suína do país.

2016-05-02 09.22.25

Com base nos dados de exportações do primeiro trimestre deste ano, o presidente da ABPA traçou perspectivas para a cadeia produtiva ao longo de 2016.  Também fez referências aos estudos publicados pela FAO quanto às previsões da produção mundial de proteínas.

Além de questões econômicas e conjunturais, Turra tratou em sua explanação da importância do sistema de produção integrada para a avicultura e a suinocultura do Brasil.              Ele detalhou a nova Lei de Integração, aprovada na Câmara e no Senado e que aguarda a sanção presidencial, apontando a importância desta legislação para o agronegócio.

“A nova legislação dará mais segurança jurídica para a relação entre produtores integrados e agroindústrias integradoras, com estruturas consolidadas como as cadecs e o Foniagro, que são instrumentos para a equalização de questões levantadas por cada parte envolvida na integração”, destaca Turra.

O presidente da ABPA abordou, ainda, a importância da manutenção dos cuidados nas granjas para que o país preserve seu status sanitário – que tem sido fundamental para expandir a presença da carne de frango e da carne suína do Brasil no mundo.

“Alcançamos mais de 150 mercados por, entre outros motivos, termos um status sanitário invejável, sem nunca ter registros de enfermidades como, por exemplo, Influenza Aviária.  É fundamental mantermos nosso foco na preservação deste que é o maior bem da produção agropecuária do Brasil”, ressalta o presidente da ABPA.

Fonte: ABPA

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta