Produção de suínos na China se recuperará totalmente no primeiro semestre de 2021; estoque já supera 90%

0
365

Última atualização:

Beijing – A produção de suínos na China deve se recuperar totalmente no primeiro semestre de 2021, informou o Ministério da Agricultura e dos Assuntos Rurais nesta terça-feira (15).

Até o final de novembro, o estoque de suínos vivos e porcas reprodutoras atingiu mais de 90% dos níveis registrados em anos normais, disse o ministério.

Espera-se que a oferta de carne suína na China aumente 30% ano a ano nos próximos feriados do Ano Novo e da Festa da Primavera.

A China vem tomando medidas para aumentar a oferta desde o início de 2020, incluindo a liberação de reservas de carne de porco congeladas e o aumento das importações.

Para amortecer o impacto do surto do novo coronavírus, a China aumentou o apoio financeiro, como subsídios e empréstimos para os principais distritos produtores de carne suína, em uma tentativa de incentivar a produção de suínos.

Em outubro, o número de suínos disponíveis para abate aumentou 26,9% ano a ano, e o das porcas reprodutoras em estoque aumentou 31,5% em relação ao mesmo período do ano passado.

(*) Com informações da Xinhua

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta