Safra de soja 2022/23 é estimada em 153,5 milhões de toneladas com alta de 22,2% sobre o ciclo anterior

0

São Paulo – A produção de soja brasileira 2022/23 caminha para um novo recorde. Segundo a estimativa Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a safra deve chegar a 153,5 milhões de toneladas, crescimento de 22,2% em relação ao ciclo anterior, com a produtividade média de 3.551 kg/ha.

A área de plantio é um dos fatores para o novo recorde. Estima-se um crescimento de 4,6% comparado ao ciclo passado, totalizando 43,4 milhões de hectares. “A área de produção brasileira vem crescendo ao longo dos anos, resultando em novos recordes a cada ciclo. Internamente, os Estados vêm protagonizando suas especialidades e técnicas, gerando resultados que impactam na nossa visibilidade agronômica internacional”, avalia Leonardo Sodré, CEO da GIROAgro, uma das maiores empresas de fertilizantes do país.

Na Bahia, a soja é a principal cultura produzida e nesta safra espera alcançar 7,5 milhões de toneladas, um crescimento de 2,8% em relação à safra anterior. É estimado um aumento de 1,4% na área plantada, alcançando 1,9 milhão de hectares. Já no Mato Grosso do Sul, as condições climáticas, ainda que irregulares, não prejudicam o desenvolvimento das lavouras e a produção deve alcançar 13,35 milhões de toneladas, aumento de 49,7%.

“O aumento na produção se deve também às condições climáticas favoráveis que beneficiam a área plantada nas lavouras. É necessário manter pesquisas no radar para que especialistas e suas equipes possam se adaptar. Se mantivermos o ritmo de investimentos, aprimoramento de técnicas agrícolas, desenvolvimento tecnológico, novos recordes serão batidos em menores períodos de tempo”, finaliza Sodré.

(*) Com informações da GIROAgro

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta