Seis marcas brasileiras de cosméticos avançam pelo mundo e setor de higiene e beleza faturou US$ 445 milhões até julho

0

Brasília – Sabe aquela história de se permitir um luxo e comprar um cosmético importado? Agora, pessoas do mundo inteiro podem fazer isso com um produto made in Brazil! Já se perguntou quais são as maquiagens e produtos de cosméticos brasileiros que são sucesso no mercado internacional? A indústria brasileira de higiene e beleza registrou 14% no crescimento das exportações neste ano, em relação a 2021.

Entre janeiro e julho de 2022, os embarques alcançaram US$ 445,3 milhões, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria e de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC).

Confederação Nacional da Indústria (CNI), no Perfil Setorial da Indústria, explica mais sobre a indústria brasileira de produtos químicos. Dá uma olhada no vídeo!

Vem conhecer seis marcas nacionais que estão fazendo sucesso em outros países e você talvez nem conheça!

  1. SweetHair: shampoo que remove maquiagem? Cabelo hidratado e perna sem celulite? 

Sweet Hair, fundada pelo empresário Paulo Kazaks, em 2011, atua no ramo da beleza e dos cosméticos com produtos inovadores e multifuncionais. A fábrica fica em São Paulo, mas a empresa tem escritórios em Miami, Madri e Milão.

Com mais de 160 produtos, 50 deles são inovadores e nunca vistos no mercado, como o caso do shampoo em pó, shampoo que remove maquiagem e máscara capilar que também trata celulites.

Os produtos da empresa não são testados em animais. Com oito anos de mercado, a empresa já chegou a 70 países.

  1. Natura Cosméticos: bonita, cheirosa e ecologicamente consciente!

Natura, queridinha de vários brasileiros, não poderia ficar de fora da nossa lista. Fundada em 1969, a empresa se transformou na maior multinacional brasileira de cosméticos. Com mais de 100 milhões de consumidores, o principal canal de vendas é o direto, com cerca de 1,7 milhão de consultoras no Brasil, na Argentina, no Chile, na Colômbia, no México e no Peru. Além de atuar na Bolívia, nos Estados Unidos e na França.

E, o melhor de tudo, a marca tem uma pegada super sustentável. Desde 2006, não faz testes em animais, com certificação do Programa Leaping Bunny, da Cruelty Free International, e da PETA. Além de ter alcançado a marca de 90% de produtos veganos em todo seu portfólio. Hoje, na composição dos produtos, você econtra ingredientes vegetais, além de ter embalagens com materiais que são reciclados pós-consumo e de fontes renováveis – como o plástico verde, que vem da cana-de-açúcar.

Pra fechar com o selo verde, a Natura também é uma empresa Carbono Neutro, ou seja, todos os produtos têm as emissões de poluentes compensadas. E aí? Qual seu produto queridinho da Natura?

  1. Felps Professional: o cabelo quiabito!

Felps Professional também é baseada em São Paulo e foi fundada por um cabeleireiro e uma empresária, em 2014. Seu negócio são produtos para todos os tipos de cabelo.

Com o sucesso no mercado brasileiro, alinhado a estratégias de marketing e eventos, a empresa entrou no mercado internacional pela Arábia Saudita, Ucrânia e Estados Unidos. Atualmente, exporta regularmente para mais de 12 países.

  1. Grupo Boticário: a alquimia que a gente gosta

Outra marca de peso é o Grupo Boticário, fundado, em 1977, pelo farmacêutico e alquimista Miguel Krigsner. Tudo começou com uma pequena criação de cosméticos, como creme à base de colágeno, creme de elastina para estrias e shampoo de algas marinhas. Com o passar do tempo, a pequena farmácia passou a atrair cada vez mais consumidores. Desde então, o grupo alcançou várias conquistas, a começar pela primeira loja internacional em Portugal, em 1987, e, no ano seguinte, expandindo para Noruega, Escócia, Chile e Estados Unidos. Atualmente, o grupo está presente em 15 países, com 77 lojas próprias e 600 pontos de venda.

Queridinho nas prateleiras de vários brasileiros e gringos, o grupo tem várias marcas: Quem disse Berenice?, Eudora, Beleza na Web, Beauty Box, Vult, O.U.I e a linha internacional. E ai? Consome alguma dessas marcas maras?

  1. Mutari: bonita por dentro e por fora

No mercado desde 1996, a mineira Mutari tem linhas de cosméticos, produtos capilares e suplementos vitamínicos.

Tudo começou com uma fábrica de 500m², mas hoje a Mutari conta com nove galpões distribuído por Belo Horizonte (MG) e 120 funcionários. A marca, além de ser referência no mercado nacional, exporta para 20 países da Europa, África, Oriente Médio, América do Norte e América do Sul, além de uma empresa nos EUA.

No catálogo da marca, você encontra produtos veganos para cabelo e estética, como suplementos vitamínicos, produtos de cronograma capilar e específicos para progressivas.

  1. Goz Cosméticos: colorindo sua vida com tinta de cabelo

Goz Cosméticos, fundada em 2002, foca em revolução de Cosmetologia, Marketing e Pesquisa Científica, com foco em tratamento capilar e em produtos para coloração e descoloração. Além de não testar em animais, a empresa atende a mais 160 distribuidoras no Brasil, 25 no Oriente Médio e na África e está em fase de expansão na América do Norte e Europa. Outro destaque da marca são as fragrâncias exclusivas, que são favoritas para diversos SPAs de tratamento capilar nos EUA e no Oriente Médio. Os produtos também contêm nanotecnologia para fixar os ativos na fibra capilar.

(*) Com informações da CNI

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta