Setor cooperativista discute armazenagem durante reunião da Câmara Temática

0
200

Última atualização:

Brasília – A Câmara Temática de Cooperativismo Agropecuário reuniu, nesta segunda-feira (13), representantes do setor agropecuário no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para tratar questões relacionadas ao cooperativismo e ao associativismo rural.

Na pauta, assuntos como o Cadastro Ambiental Rural (CAR), Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA) e armazenagem. Na opinião do secretário de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo, Caio Rocha, os temas são importantes para fortalecer o mercado rural brasileiro. “Precisamos discutir estratégias para levar até a comunidade os diversos programas governamentais. É importante nos aproximarmos das cooperativas para fortalecimento do setor”, salientou.

O CAR é um cadastro eletrônico que permite a regularização ambiental dos estabelecimentos rurais. Essa ferramenta intensifica o controle, o monitoramento e o combate ao desmatamento das florestas. O produtor rural que se cadastrar no CAR poderá obter licenças ambientais com maior facilidade.

Já o PAA pretende fortalecer a agricultura familiar por meio de ações governamentais, como a comercialização de alimentos, produzidos por agricultores familiares e assentados da reforma agrária, a preços compatíveis aos dos mercados regionais.

O SISBI-POA faz parte do Sistema Unificado de Atenção a Sanidade Agropecuária (SUASA) e tem como objetivo, padronizar os procedimentos de inspeção de produtos de origem animal para garantir, aos consumidores, a segurança alimentar. Durante a reunião, também foram tratados temas como armazenagem.

Segundo Caio Rocha, o Mapa tem unido esforços ao demais órgãos do Governo Federal. “O governo está trabalhando em um programa de armazenagem que valorize a ação da iniciativa privada e seu desenvolvimento. Estamos fazendo armazéns estratégicos para melhor atender a área de abastecimento”.

 Fonte: Assessoria de Comunicação Social do Mapa

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta