Siscomex interrompe compartilhamento das Declarações de Importação com o Banco Central

0

São Paulo – O mercado de câmbio foi pego de surpresa, na última quarta-feira, por um comunicado do Siscomex avisando que o compartilhamento das Declarações de Importação (D.I.) com o Bacen foi descontinuado no dia 20 de dezembro de 2021. Com isso, as operações de importação ficam mais burocráticas para as instituições financeiras.

É por meio das DIs, registradas pelos importadores, que as instituições reportam ao Banco Central que as operações de câmbio realizadas para a importação de determinado produto correspondem realmente ao que chegou na aduana. Com essa medida inesperada, os bancos e corretoras que atuam no mercado de câmbio, que antes consultavam esses dados diretamente o site do Bacen, agora precisarão, para comprovar a situação de cada DI, realizar consulta no Portal Único de Comércio Exterior informando o CNPJ, o nº da DI e o último protocolo da declaração.

Algumas empresas de câmbio já se anteciparam e disponibilizam aos seus clientes um sistema automatizado para esta busca e conciliação regulatória, como é o caso da B&T Câmbio. “A busca da D.I. para regularização das operações de câmbio de importação sempre foi uma dor burocrática para os clientes, por isso já havíamos desenvolvido um sistema automatizado, no qual o cliente faz a autorização uma única vez e nunca mais precisa se preocupar com as Declarações de Importação. O que antes era um conforto para nossos clientes, agora se tornou essencial para o negócio, afinal o novo cenário inviabiliza altos volumes por ser feito manualmente e individualizado. Somente um cliente pode chegar a realizar cerca de cinco mil operações por mês.” Afirma Tulio Portella, Diretor comercial da B&T Câmbio.

(*)  Com informações da B&T Câmbio

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta