Um tour por dentro do icônico hotel Burj Al Arab: luxo e sofisticação em um dos grandes símbolos de Dubai

0

Dubai – O icônico hotel Burj Al Arab já é um símbolo de Dubai. Quem vai ao emirado faz questão de passar pelo hotel em formato de vela para tirar fotos à distância, seja da praia ou da ponte que liga o prédio ao continente. Até hoje, normalmente só quem se hospedava por pelo menos uma noite podia conhecer o interior da Torre do Árabe. Mas isso muda a partir desta sexta-feira, 15 de outubro, quando será inaugurado o passeio turístico Inside Burj Al Arab, que permitirá que turistas possam matar a curiosidade de visitar o hotel considerado o mais luxuoso do mundo.

O passeio começa do lado de fora do hotel/ Foto: Bruna Garcia/ANBA

A ANBA fez o tour e traz, com exclusividade para o público brasileiro, um pouco sobre este passeio imperdível, que começa do lado de fora do Burj. Ao lado do Jumeirah Beach Hotel, os turistas são calorosamente recepcionados com suco de limão e menta no lounge do Inside Burj Al Arab. Em seguida, grupos de até doze turistas pegam o carrinho de golf exclusivo do passeio, que levará ao hotel, com direito a parada para tirar fotos em um ponto estratégico com vista exclusiva do prédio.

Dentro do hotel, o grupo é recepcionado por uma simpática hostess que oferece álcool em gel para as mãos e toalhinhas geladas. De forma teatral e alegre, ela dá início à experiência com duração de 90 minutos contando um pouco sobre a história do hotel e sobre o que será visto em seguida.

O saguão do hotel: um deleite visual/ado de fora do hotel/ Foto: Bruna Garcia/ANBA

O passeio começa pelo grandioso lobby. Ali tem início a festa para os olhos que é o interior do Burj Al Arab. O cuidado em cada detalhe da decoração assinada pela designer de interiores Khuan Chew une cores vibrantes em carpetes coloridos, iluminação natural, colunas douradas e até um aquário ao subir as escadas rolantes que levam a uma fonte que é um espetáculo à parte, formando arcos d’água de 42 metros no ar. O pé direito do saguão tem 180 metros e dá vista aos 25 andares de suítes, com formas curvas e cores em degradê.

O elevador panorâmico tem uma vista única das praias tranquilas do Golfo Árabe e leva os visitantes diretamente – e super rapidamente – ao 25º andar (o que seria o 50º andar em um prédio comum, já que todas as suítes têm dois andares) a 200 metros do solo.

Suíte Real

Chegando ao 25º andar, batemos à porta da suíte real, que foi desativada há cerca de um ano para se tornar parte do tour por dentro do hotel – a diária custava US$ 25 mil. Um jovem mordomo recebe os visitantes e conta histórias deste imenso e opulento apartamento de dois andares que já recebeu de Nelson Mandela a Selena Gomez.

O majlis da suíte real /Foto: Bruna Garcia/ANBA

Muito ouro, inshallah! No banheiro da suíte “dela”, há uma banheira redonda esculpida em mármore italiano, e se preferir tomar uma ducha, o box é revestido por azulejos de ouro 22 a 24 quilates, e até o chuveiro é dourado. O papel de parede de joaninha do quarto é único e costurado à mão com fios de ouro.

Os visitantes ficam impressionados com o luxo e a mais alta qualidade dos materiais utilizados na suíte, bem como na descrição dos serviços oferecidos.

A suíte tem uma sala de jantar privativa que acomoda doze pessoas. As grandes cadeiras são forradas com tecido colorido e estampa de onça, e o teto em cima da mesa é pintado com nuvens para se parecer com o céu. Um lustre de vidro de Murano representa o sol. A sala já recebeu membros da realeza, músicos e estrelas de cinema.

O famoso banheiro com azulejos de ouro/ Foto: Bruna Garcia/ANBA

Outro cômodo é o majlis, uma sala de reuniões típica árabe, e no Burj não podia faltar este espaço colorido e vibrante. A sala é decorada em tons de rosa e laranja. A primeira versão da decoração foi rejeitada por “não ser rosa o suficiente”. Na suíte master, a cama gira como um carrossel ao toque de um botão.

No final da visita à suíte real, diga “Xis” para a foto na escadaria com tapete colorido e estampa de onça, que lembra o estilo Versace.

Suíte Experience

Em frente à suíte real, o passeio continua. Outra suíte presidencial foi desativada e transformada na Suíte Experience, uma espécie de museu do Burj Al Arab, com diversas histórias e experiências interativas com alta tecnologia.

Um dos quartos da suíte real

No estúdio do arquiteto, é possível conhecer melhor sobre a arquitetura e o design de interiores do hotel, com plantas, esboços, tecidos e muitas histórias da concepção dos projetos de Tom Wright e Khuan Chew.

Cada detalhe do design dentro do Burj Al Arab reflete a visão do emir de Dubai, Mohammed bin Rashid Al Maktoum, que imaginou uma estética inspirada nos estilos árabes de todo o Oriente Médio com uma interpretação contemporânea única, e Chew foi a encarregada de dar vida a essa visão, com uma escolha ousada de cores, tecidos, materiais e acabamentos que definem os interiores inspirados nos quatro elementos: fogo, água, terra e ar, além do deserto dos Emirados e em motivos árabes e internacionais.

Experiência do jantar

Detalhe da sala do arquiteto, na Suíte Experience

O Burj Al Arab conta com nove restaurantes que oferecem experiências gastronômicas únicas, inspiradas na culinária mundial com o mais alto padrão. O visitante pode experimentar um pouco da atmosfera de um dos restaurantes do Burj al Arab na Suíte Experience, em uma mesa com capacidade para seis pessoas, e um menu virtual com alguns dos pratos oferecidos.

O aquário

 O Burj Al Arab e o Jumeirah Group lideram iniciativas de pesquisa em biologia, conservação marinha e práticas de pesca éticas para proteger o meio ambiente e a vida selvagem no Golfo Árabe. Neste aquário virtual, o visitante conhece um pouco mais sobre o projeto de conservação de peixes e do santuário de tartarugas marinhas.

Momentos icônicos

O Burj Al Arab já foi palco de eventos icônicos

Uma sala da Suíte Experience é dedicada a momentos icônicos que o Burj Al Arab sediou ao longo de sua história. Alguns dos eventos esportivos realizados no heliponto do hotel são destaque como a presença do jogador de golfe Tiger Woods e um amistoso de tênis entre Andre Agassi  e Roger Federer. O carro de Fórmula 1 e o macacão do ex-piloto David Coulthard estão em exibição no local. Coulthard deu voltas no carro no heliponto do Burj Al Arab.

Final do tour

Há ainda salas interativas com histórias verdadeiras ocorridas no hotel e tablets de realidade virtual. Depois, mais possibilidade do visitante ser fotografado no local, e ele só descobrirá o fundo das imagens quando chegar ao final do tour, e para concluir, café árabe e tâmaras são servidas.

Então os visitantes descem por um elevador interno e concluem o passeio, que, claro, conta com uma loja de presentes e artigos exclusivos de designers locais, como roupas, joias, incensos e objetos de decoração. Ao final, é possível tomar um drink no bar UMA, criado exclusivamente para os visitantes.

Fatos curiosos

O Burj Al Arab é 14 metros mais alto que a Torre Eiffel, em Paris, e apenas 60 metros menor que o Empire State Building, em Nova York. A primeira ilha artificial na costa de Dubai foi construída para receber o hotel. O primeiro esboço do Burj Al Arab foi feito em um guardanapo. Nos quartos, um cardápio oferece 17 tipos de travesseiros.

Informações

O carrinho de golfe que leva os visitantes ao hotel/Foto: Bruna Garcia/ANBA

O tour pode ser feito em qualquer horário entre 9h30 e 20h30, com grupos de até 12 pessoas saindo a cada 11 minutos do lounge. É preciso agendar o tour pelo site, com ingressos a partir de 399 dirham (R$ 699 pela cotação atual).

É possível adicionar experiências ao tour, como um almoço em um dos restaurantes do hotel, tomar o famoso cappuccino com folhas de ouro, ou drinks no bar UMA, inaugurado para o passeio.

As diárias no Burj Al Arab custam entre R$ 9.500 e R$ 65 mil, pela cotação atual, de acordo com o site do hotel.

Arquitetura

Por fora, a arquitetura assinada pelo britânico Tom Wright traz uma estrutura de metal, vidro e uma espécie de lona branca que lembra uma vela de um barco. A construção teve início em 1994 e o hotel foi inaugurado em dezembro de 1999. Gerenciado pelo grupo hoteleiro Jumeirah, este é um dos hotéis mais altos do mundo, com 210 metros de altura e 25 andares – cada suíte tem dois andares. O Burj fica em uma ilha artificial a 280 metros da praia de Jumeirah e está conectado ao continente por uma ponte particular.

O Burj Al Arab transformou o horizonte de Dubai e se tornou um ícone global. A construção foi catalizadora para o desenvolvimento da cidade, com inovações e pioneirismo na arquitetura e na engenharia que foram utilizadas em outras construções no emirado. Hoje, o Burj al Arab se posiciona como um elo simbólico entre o passado marítimo de Dubai e a cidade cosmopolita na qual o emirado se tornou.

(*) Com informações da ANBA

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta