Vendas de terras a estrangeiros e exportações agrícolas são debatidas no Conselho do Agro da CNA



Última atualização: 19 de Julho de 2019 - 10:54
0
536

Brasília – O Conselho do Agro, formado pela CNA e mais 16 entidades do setor, se reuniu na quinta (18), em Brasília (DF), para debater temas como a aquisição de terras por estrangeiros no país e a promoção comercial dos produtos brasileiros no mercado internacional.

O encontro foi coordenado pelo presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, João Martins, e contou com a presença do senador Irajá (PSD/TO), que fez uma apresentação sobre o Projeto de Lei 2963/2019, de sua autoria, que trata de regras para a aquisição de terras por estrangeiros no Brasil.

O texto precisa ser aprovado pelas Comissões de Assuntos Econômicos (CAE), Agricultura e Reforma Agrária (CRA) e de Justiça (CCJ) antes de ir a Plenário. De acordo com o parlamentar, a proposição pode resultar em uma injeção de recursos da ordem de R$ 50 bilhões, além de gerar mais empregos e oferecer mais alimentos baratos à população.

A superintendente de Relações Internacionais da CNA, Lígia Dutra (foto), falou aos integrantes do Conselho sobre as ações e projetos para promover os produtos brasileiros do agro e aumentar a participação do Brasil no comércio internacional.

“Com o trabalho da CNA para estimular uma cultura exportadora, vamos abrir mercados, aumentar a renda dos produtores e agregar valor à produção, além de fortalecer a classe média rural e trazer benefícios principalmente aos pequenos produtores de frutas e hortaliças”, disse o presidente da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), Luiz Roberto Barcellos(Foto).

(*) Com informações da CNA

Comentários

Comentários

Deixar uma resposta