Verão no Chile: Vinícola Matetic é bom ponto de partida para explorar destinos de campo e praia

0

São Paulo – O verão é uma das melhores épocas do ano para viajar ao Chile. Isso porque a estação é marcada por temperaturas agradáveis e pouca incidência de chuvas. Na região do Vale do Rosário, onde fica a conceituada Vinícola Matetic, por exemplo, os termômetros nesta época do ano giram em torno de 12°C a 20°C.

O clima ameno convida os viajantes a conhecerem as atrações da Matetic, que incluem desde degustações de vinhos e refeições diferenciadas no restaurante Equilibrio até passeios pelos parreirais – a pé ou em bicicleta – e mergulhos refrescantes na piscina do La Casona, hotel que fica dentro da propriedade e que conta com 10 apartamentos com vista aos vinhedos.

Divulgação/Matetic – La Casona

De quebra, a localização privilegiada da vinícola permite conhecer destinos de campo e praia na mesma viagem. O melhor de tudo é que são lugares incríveis, mas ainda pouco explorados pelos viajantes brasileiros.

Um bom exemplo é a região costeira de Algarrobo, que fica a 30 minutos de carro. Conhecido como Capital Náutica do Chile, o destino abriga algumas das melhores praias para visitar durante o verão. A mais famosa é El Canelillo, cercada por uma vasta área verde e tem águas calmas e pedras que criam um visual belíssimo.

Outra boa opção para curtir a areia e o mar na estação mais quente do ano é a praia Reñaca, em Viña del Mar. A pouco mais de 80 quilômetros da Vinícola Matetic (cerca de 1h15min de carro), a faixa de areia tem ótima infraestrutura, com vários quiosques e comércios. Ali, a água é um pouco mais agitada, com ondas que entretêm os surfistas e o público em geral.

O passeio a Viña del Mar também é uma boa oportunidade para conhecer o glamouroso Casino Municipal, bem como construções históricas, como o Palácio de Carrasco e o Teatro Municipal. Além disso, o destino oferece uma vida noturna agitada e muito divertida.

Divulgação/Matetic – La Casona

Quem se hospeda na Vinícola Matetic tem ainda fácil acesso a Valparaíso (50 minutos de carro), cidade reconhecida como Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. Ali, o gostoso é caminhar tranquilamente pelas ruas apreciando o visual vibrante da zona portuária e explorando os sabores dos inúmeros restaurantes locais. Como a geografia do destino é bem irregular, os visitantes embarcam em funiculares coloridos que sobem os morros e oferecem vistas espetaculares.

(*) Com informações da Vinícola Matetic

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta