Viña Bouchon é destaque no Chile Report 2021 de Tim Atkin MW com três vinhos acima de 95 pontos

0

São Paulo – A Viña Bouchon teve uma participação destacada no Chile Report 2021 de Tim Atkin MW. Três de seus vinhos obtiveram mais de 95 pontos: Granito, Semillon, 2019, com 96 pontos; Mingre, 2018, com 95 pontos; e Granito, blend, 2018 também com 95 pontos.

E não podemos deixar de mencionar nossos outros vinhos que foram bem avaliados por Tim: 94 pontos para Vigno, 2018; 92 pontos para País Salvaje 2020, Canto Sur 2020, Black Series Carménère 2018 e Black Series Cabernet Sauvignon 2018; 91 pontos para País Viejo, 2020; e 90 pontos para Black Series, Semillon, 2019.

Desafio Bouchon 2021

Viña Bouchon lançou o Desafio Bouchon 2021, no qual o enólogo Christian Sapúlveda, juntamente com Julio Bouchon, desafiou cinco formadores de opinião chilenos a criar um #Vinhaço.

Divulgação

Durante seis programas transmitidos ao vivo pelo Instagram, os desafiados Javiera Contador, Maria Luisa Godoy, Carlo Van Muhlenbrock, Francisco Saavedra e Jordi Castell aprenderão sobre a elaboração de um vinho, desde a etapa de colheita até ser servido em uma taça, além de conhecer cada uma das variedades de uva que serão parte desse #Vinhaço.

No fim do mês de junho poderemos ver o resultado desse longo trabalho, já que cada um dos integrantes terá participado com toda a potência e energia e adicionará um novo item a seus currículos: criador do seu próprio vinho.

Colheita 2021: uma das temporadas mais frias dos últimos anos

No último dia 27 de abril, Viña Bouchon finalizou oficialmente a Colheita 2021. Nosso enólogo Christian Sepúlveda nos conta que, em comparação ao ano passado, neste ano veremos vinhos brancos com álcool moderado, acidez muito alta e perfil aromático muito fresco e cítrico. Isso porque a colheita 2021 foi uma das mais frias dos últimos tempos, ocasionando um amadurecimento muito lento da uva.

Divulgação

No caso dos vinhos tintos, poderemos sentir um menor teor alcoólico que nos anos anteriores, característica muito procurada em vinhos de qualidade. Ou seja: colhemos antecipadamente para que a uva tenha baixo teor alcoólico e alta acidez, mas que ao mesmo tempo a fruta esteja suficientemente madura para que os taninos sejam muito suaves na boca.

(*) Com informações da Viña Bouchon

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta