Vinícola Aurora: 20% da venda de vinhos do ano ocorre nos meses que antecedem a Páscoa

0
125

Última atualização:

Bento Gonçalves (RS) – A Páscoa está entre os períodos do ano que concentram os maiores volumes de venda de vinhos e espumantes. Seja para abastecer os supermercados, lojas especializadas e delicatessen para o inverno ou, ainda, para celebrar a data harmonizando com os pratos típicos, a Vinícola Aurora, líder no mercado nacional em vinhos e suco de uva, estima que cerca de 20% do total de vendas no ano ocorrem no primeiro quadrimestre. Um elemento novo nesta Páscoa será o aumento das comemorações em família em casa, em função do isolamento social provocado pela pandemia do novo Coronavírus.

O gerente de Marketing da Aurora, Rodrigo Valério, acredita que a chegada do frio deve aquecer ainda mais as comercializações no mês mais doce do ano.

“Estamos vivemos uma realidade bem distinta em relação aos outros anos por causa do Coronavírus e todas as implicações que trouxe para as famílias, incluindo a suspensão da maioria das atividades. Mesmo assim, as pessoas vão comemorar a data nas suas casas, com os familiares que já convivem, e o vinho e suco de uva sempre são aliados para as refeições de Páscoa”, acredita.

Pensando nas experiências gastronômicas, o sommelier da Vinícola Aurora, Willian Paim, dá dicas de vinhos, espumantes e sucos que valorizam alguns dos principais pratos que costumam ser preparados na semana de Páscoa. E não tem como falar da data sem lembrar das diversas formas de preparo dos peixes, já que no próximo dia 10 também é celebrada a Sexta-feira Santa.

Para acompanhar peixes de uma forma geral, sejam eles assados, fritos ou grelhados, sugerimos os vinhos brancos como o Chardonnay e Riesling, da linha Varietal, ou até mesmo os espumantes brut, como o Aurora Prosecco ou Aurora Brut (elaborado com Chardonnay)”, ensina Paim.

O profissional acrescenta que peixes com molho com mais gordura também combinam muito bem com os espumantes brut, tanto o Aurora Procedências como Aurora Brut, devido à acidez dos produtos. “Outra opção neste caso, para quem prefere os vinhos tranquilos, é o Riesling Varietal”, sugere.

Ainda entre as opções de pratos principais, o bacalhau e salmão também costumam invadir as cozinhas, seja durante semana ou no domingo de Páscoa. O sommelier dá algumas preciosas dicas para quem vai se aventurar numa harmonização com as receitas.

“Se o bacalhau for preparado como os portugueses costumam fazer, a dica é usar bastante o azeite de oliva extra-virgem Pequenas Partilhas e, na hora de servir, apostar na combinação com os vinhos brancos e espumantes de maior acidez, como os Aurora Varietal e os espumantes Aurora Brut e Prosecco. Mas, se forem preparados com molhos que tenham nata, por exemplo, a dica é combinar com o Aurora Millesime, que é um vinho com uma estrutura equilibrada e boa acidez”, aconselha.

E se a escolha for pelo salmão grelhado, Paim recomenda a harmonização com o Aurora Pinot Noir Pinto Bandeira: “Já os risotos com frutos do mar vão muito bem com o Aurora Reserva Rosé, Reserva Chardonnay, ou com os espumantes elaborados pelo método Charmat, como o Brut Chardonnay Procedências ou o Brut Rosé”.

Para quem não abre mão do churrasco no domingo de Páscoa, a lista de vinhos e espumantes que combinam bem com este clássico é grande.

“Tanto o Reserva Tannat e Reserva Cabernet Sauvignon, como o Millesime, são vinhos com um bom volume e ótima estrutura que valorizam a churrasco, seja com carré de cordeiro, entrecot grelhado e costela bovina. Os espumantes com mais estrutura, como o Extra Brut Pinto Bandeira, também são ótimas alternativas”, explica.

Paim lembra que um item que está cada vez mais presente na mesa do consumidor, o suco de uva integral, além de benefícios à saúde como prevenção de diversos tipos de câncer e controle de gordura abdominal, ainda tem a vantagem de poder ser consumido por toda a família.

“Principalmente o suco tinto é uma excelente alternativa para quem não bebe álcool, pois contém polifenóis, dando estrutura e acompanhando o perfil do prato. Como também é doce, ainda pode acompanhar a sobremesa”, indica.

A estrela, o chocolate  

Um dos itens que mais costumam ser consumidos na Páscoa, seja em ovos, barras ou qualquer outro formato, os chocolates também podem combinar muito bem com vinhos e espumantes.

O sommelier Willian Paim sugere que os chocolates ao leite sejam combinados com um tinto sem passagem por barrica de carvalho, como o Aurora Varietal Merlot. Já os brancos pedem vinhos com maior teor de açúcar, como Aurora Colheita Tardia ou espumante Aurora Moscatel. Para os chocolates amargos e meio amargos, a dica é apostar em vinhos mais encorpados, como Aurora Reserva Cabernet Sauvignon.

“Uma ótima pedida também é presentear com um Aurora Colheita Tardia ou espumante Moscatel, que vão combinar muito bem com maioria dos chocolates e outras sobremesas de Páscoa”, finaliza o sommelier.

(*) Com informações da Vinícola Aurora

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta