Vinícola Aurora aumenta em 87% exportações de suco de uva e receita cresce 62% em tempos de pandemia

0
620

Bento Gonçalves (RS) – No atípico ano de 2020, em que os assuntos ligados à saúde estão na pauta diária, um produto que é sinônimo de saudabilidade é o grande destaque nas 87% nas exportações de suco de uva, com o embarque de 495,3 mil garrafas entre os meses de janeiro e novembro deste ano. Os envios para o penúltimo mês do ano já estão confirmados e no processo de envase. Em valor, o crescimento foi de 62% nas comercializações de suco de uva. Contabilizando todos os produtos, o resultado é um incremento de 16% nas vendas, com a comercialização de 880,7 mil garrafas.

A Aurora, que é líder no mercado interno nas categorias de suco de uva integral e vinho fino, projeta, ainda, dobrar o volume de embarques das bebidas não alcoólicas para o Exterior no ano que vem.

“O suco de uva foi o grande destaque de 2020 e acreditamos que isso vai se manter nos próximos anos. Em vários mercados, ele tem sido o carro-chefe nas exportações. Isso se deve em função de não existir no mundo um produto igual ao suco de uva do Brasil. No caso da Aurora, a partir do momento em que ampliamos nossa capacidade produtiva, com a nova unidade do Vale dos Vinhedos, passamos a ser mais proativos nas vendas de suco para o mercado externo e o resultado é esse aumento expressivo, com potencial de crescer ainda mais nos próximos anos”, planeja a gerente de Exportação e Importação da Vinícola Aurora, Rosana Pasini.

Para a executiva, após o início da retomada dos embarques, nos meses de abril e maio, negócios que haviam sido encaminhados nos meses anteriores acabaram fechando e contribuíram para o resultado deste ano.

“Especialmente os países asiáticos voltaram a comprar neste período, o que somado à abertura de outros novos mercados em países como a Rússia, Líbia, Colômbia, Bolívia e Haiti, colaboraram para este salto. É importante dizer que, grande parte destes contatos, foram feitos em anos anteriores e a pandemia atrasou alguns meses essas operações, mas elas acabaram se concretizando”, comemora.

Além da expansão nas exportações de suco de uva, a Vinícola Aurora também ampliou os mercados para os vinhos e espumantes em 2020, com novos clientes em países que são grandes consumidores como, Reino Unido, China, Rússia, e entrada no continente africano, com os embarques para a Líbia.

Rosana também compara com o exterior o que tem ocorrido no Brasil durante a pandemia da Covid-19,  com o aumento de consumo de vinhos em casa e a procura por rótulos diferentes como fatores que ajudaram no incremento nas exportações.

“Os mercados estão consumindo mais vinho, estão mais afoitos por novidades. Isso, somado à abertura de novos canais de venda, tanto para o suco de uva como os vinhos e espumantes, fez com que recuperássemos as perdas que tivemos no início da pandemia com os embarques que se intensificaram a partir do segundo semestre”, conclui.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta