Volatilidade do dólar e falta de contêineres podem impactar compras de final de ano, diz especialista

0

Fortaleza (CE) – Diante dos gargalos logísticos causados pela pandemia, como a alta volatilidade do dólar e a quebra da cadeia de suprimento de insumos, as compras de final de ano poderão ser impactadas, podendo ocorrer, até mesmo, falta de produtos no mercado. Para contornar esses gargalos, grandes varejistas decidiram antecipar a compra de mercadorias importadas.

“Alguns clientes nossos, do varejo, que são os que mais sofrem com a disponibilidade de mercadorias, já vinham com esse planejamento de antecipar compras, como ocorreu no Dia das Mães, Dia das Crianças, e agora para o final de ano, de olho nas dificuldades com entregas”, diz Augusto Fernandes, CEO da JM Negócios Internacionais.

Augusto Fernandes, CEO da JM Negócios Internacionais/Reprodução/Youtube

Entretanto, Fernandes avalia que a falta de contêiner e a alta do preço dos fretes atrelada à volatilidade do dólar poderá causar escassez de alguns produtos no comércio varejista. “Diante das dificuldades dos últimos meses, é provável que falte mercadorias para o fim de ano”.

Se por um lado a falta de contêineres vem pressionando os custos logísticos no mundo inteiro, a  variação dólar interfere diretamente nas compras dos varejistas brasileiros. Considerando apenas os últimos 12 meses, o dólar, que hoje gira em torno da casa dos R$ 5,60, variou da máxima de R$ 5,77 (29 de outubro de 2020) à mínima de R$ 4,91 (26 de junho de 2021).

(*) Com informações da JM Negócios Internacionais

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta